s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Adriana Garda de Souza​
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
adri_garda@hotmail.com
Biografia

Adriana Garda de Souza​

FUNÇÃO E FORMAÇÃO: FORMADA EM AGRONOMIA  PELA UFSC EM 1988, ATUA COMO ENÓLOGA, LECIONOU POR MUITOS ANOS, NAS DISCIPLINAS DE QUIMICA E GEOGRAFIA, NA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA FRANCISCO MAZZOLA EM NOVA TRENTO – SC

FOI PROFESSORA TAMBÉM NO PROGRAMA EJA – EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS E CORREÇÃO DE FLUXO

ATUOU DE 2005 À 2010, COMO ENGENEHIRA AGRÔNOMA, NO MUNICIPIO DE SÃO JOÃO BATISTA – SC, NO PROJETO MICROBACIAS2

FOI COLUNISTA DA REVISTA PASSATEMPOESIA, POR 3 ANOS, NA COLUNA, REFLEXÕES DO COTIDIANO

FZ PARTE DA DIRETORIA DA ACADEMIA DE LETRAS  DO BRASIL PARA NOVA TRENTO, ONDE OCUPA  O CARGO DE SECRETÁRIA

NÃO POSSUI LIVRO PUBLICADO.

 

Sintoma

 

sei lá, de tudo, toda lágrima e sorriso

seria sintoma de estar mal do juízo?

se ficar só, consigo, os milhares deles!

então consigo sentir um alívio, somatizo

quero dizer, meu corpo vive a mente

não mente, bem querer, mau hábito

vicia, porque protege da agonia...

sim agoniada fico, com inverídico

ando andarilha parada

caminhante sem estrada

tudo a seu tempo, lugar, esperar!

 

Adriana Garda de Souza​

 

D. R. para Viagem!

Uma curta viagem, momentos a sós
Caminhos de chão, poeira na visão!
Mata ou capoeirão?... macela madura,para e colher!
Rios encachoeirados, rasos, fundos, mas sempre água a correr.
Casinhas esparsas, ranchinhos, abandonadas vivendas
Pessoas vivas, rápidas, contraste, não moram ali....
As paisagens passando, como carrossel, as curvas me tonteiam
As palavras saindo,expressando,ideias que vem,as ouve um alguém!
Um tempo juntos, uma vida em poucas horas. Conversa jogada fora!
Chega o lugar, saí do ar...Dormi!
Serra para descer,como um tobogã, até o plano ...pessoas queridas abraçar, filho buscar, para casa tornar!
Um dia atípico...relatar para eternizar!

Em: Salto, Lageado,Aguti,Corrida,Vargem dos Bugres, Baixo capivara, Boiteuxburgo, Barra Negra, Pinheiral, Rio das Flôres, Boa Esperança, Sede de Major Gercino, São João Batista, Tijucas e de volta a Nova Trento!

Adriana Garda de Souza.

 

Serena

 

E ela está serena

Seu corpo relaxa

Luta bravia, travou

Trava....encarou, encara!

Quebra a cara, e cura.

 

E ela se distrai com a chuva

Reflete a vida em sua vida

A sua volta, rodeia, sem rodeios!

Vertigem, se prende, a parede...

Sente, respira, e volta à tudo!

 

O mundo por um tempo parou

O tempo, por um lapso, não existiu

Tudo que era, sumiu, e voltou!

Ela pensou e, está a cismar...

Com Flaubert a lhe acompanhar!

 

Adriana Garda de Souza​

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s