s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Emellem Francis da Costa Rocha
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

1° Amor sem sentimentos.

"Não vejo o amor....
Alias nao vejo nem como passar de uma brisa que refresca a pele, dando aquela sensação de arrepio ...
procuro o estremesser das pernas, porém so encontro pernas firmes e fortes.
Cadê o entalo na garganta ao ouvir sua voz!... Não achei, a saliva passa seca que nem argila raspando e sangrando cada vez que da vontade de falar contigo.
aonde esta o desespero de me perder?! esta bem longe do outro lado do Oceano.
Procuro esse sentimento que apelidaram de amor de felicidade, porém so acho tristeza.
Cadê o amor, o que será realmente!, alguem me explica ou faz eu sentir?
Porque se for o que vejo no meu dia-a-dia sinceramente é melhor morrer sozinha!".

Voce olha em meus olhos e diz que gosta mais que gostar é este que em tempos de ventania somente como sompras no meio da escuridão da noite. Que gostar é este que na macies de caricias e juras de amor, so me soam ao pé do ouvido tempestades avassaladoras? Cansei de promessas mal resolvidas, quero um amor que faça minhas lindas asas de anjo arder em chamas em quanto claro misericordia de Deus por ti amar demais.

3° Quero me sentir como uma brisa que ao nascer do dia se transforma no calor do sol nascente. Quero amanhecer e sentir uma sensação de liberdade e conforto por ti ter ao meu lado na madrugada. Não quero me ver sozinha no cazebre, acalentada por juras de maus dizeres. Vivo na incerteza do amanha e num passado que concerteza nunca sairá da minha mente medrosa por desejar amar e nao ser amada.

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s