s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Pedro Bertolino da Silva
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
pbertolinos@gmail.com
Biografia

Pedro Bertrolino: Escritor, Poeta, Professor: Antropologia Filosófica e da Ciência. UFSC e outras Nacionais ou Estrangeiras. Nascido em Saanto Amaro da Imperatriz. Pertence à Academia Catarinense de Letras desde 1967 (há 45 anos pois), ocupante da Cadeira Luís Delfino. Poeta premiado pela UFSC (1966), vários livros publicados: mais autor do argumento do filme Novelo (1969), premiado pelo Festival de Cinema Amador do Jornal do Brasil. Crítica literária e estudos biográficos, entre outros temas, especialmente de História das Ciências. Além de muita poesia, é claro. Criação diária de poemas para o facebook: Pedro Bertolino da Silva, assina em literatura, apenas Pedro Bertolino. Em 1967 e seguintes participou ativamente do movimento nacional de poema processo, com várias publicações como faz ainda hoje. Tenho uma página administrativa em que se encontram todos os meus poemas publicados no FB. Pode ser acessada como "Pedro Bertolino". Pedro Bertrolino: Escritor, Poeta, Professor: Antropologia Filosófica e da Ciência. UFSC e outras Nacionais ou Estrangeiras. Nascido em Saanto Amaro da Imperatriz. Pertence à Academia Catarinense de Letras desde 1967 (há 45 anos pois), ocupante da Cadeira Luís Delfino. Poeta premiado pela UFSC (1966), vários livros publicados: mais autor do argumento do filme Novelo (1969), premiado pelo Festival de Cinema Amador do Jornal do Brasil. Crítica literária e estudos biográficos, entre outros temas, especialmente de História das Ciências. Além de muita poesia, é claro. Criação diária de poemas para o facebook: Pedro Bertolino da Silva, assina em literatura, apenas Pedro Bertolino. Em 1967 e seguintes participou ativamente do movimento nacional de poema processo, com várias publicações como faz ainda hoje. Tenho uma página administrativa em que se encontram todos os meus poemas publicados no FB. Pode ser acessada como "Pedro Bertolino".vvv

 

 

 

 

 

Acidental

 

Mais ali sob o flamboaiã

formou-se uma psicina

com as águas da CASAN

 

aos pássaros em matina

 

os canários e os pardais

e as rolinhas de rotina

o rouxinol e outros mais

 

inclusive o pássaro preto

 

provocando aos cardiais

que se afinam em dueto

com os arranjos matinais

 

(Nano-poema de Pedro Bertolino/ Fpolis./ 03.11.012)

 

 

O beija-flor

 

A pombinha ao de leve pisa

a haste das rosas vermelhas

que o orvalho ainda desliza

 

aquela núven das abelhas

 

na mesma tarefa matineira

pelo seu zumbido me avisa

da sua visita à pitangueira

 

o beija-flor então improvisa

 

pairando ali no ar à distância

frente as flores que poleniza

na sempre incrível elegância

 

 

(Nano-poema de Pedro Bertolino/ Fpolis./ 01.11.012)

 

 

Caminhos

 

Andei... Nascido para andar

andei rumos não postos certos

caminhos vindos do caminhar

 

como acontece nos desertos

 

em que o sol faz miragens

e as dunas mudam de lugar

 desmarcando as passagens

 

deixando aos descobertos

 

os possíveis por se buscar

sem oásis já dados pertos

caminhos a vir do caminhar

 

(Nano-poema de: Pedro Bertolino/ Fpolis./ 03.08.012)

 

 

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s