s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Elma Maria Pereira de Moraes Gort
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
emoraesgort@hotmail.com
Biografia

Meu nome verdadeiro é elma maria pereira de moraes gort, sou artista plástica e poeta, fiz minha primeira poesia com 6 anos, sou formada em odontologia agora estou aposentada, mas sempre tive dons artisticos de pintura e poesia. Porém dediquei-me completamente ao trabalho e a educação de meus filhos, por um bom tempo deixei a arte em segundo plano, agora filhos casados e meu tempo livre, há 3 anos voltei com gosto ao que realmente gosto de fazer, passo a vida cuidando do jardim, viajando, escrevendo e pintando e cuidando ainda da minha parte sentimental, emocional e evangelizando. Passo algum tempo na cidade mãe, campina grande, cidade de médio porte, com clima agradável na paraiba. Brasil.
Atualmente estou morando nos estados unidos sou casada pela segunda vêz com um americano, tenho um site, onde ponho o que acho necessário é um hobby além dos outros,www.artzsale.com tenho também um blog (www.reconditosdaliberdade.ning.com).faço parte também

www.recantodasletras/autores/almagort,www.astormentas.com, www.sitedepoesias.com e do www.poesiapura.com.

Nestes locais estão parte de meus textos, uso um pseudo nome de alma gort.
Poesia para mim era só uma bricadeira do meu coração, até que meu irmão e filhos me incentivaram a publicá-las, espero que gostem, porque eu amo aquilo que escrevo, são leituras da alma respirando ainda e também parte daquilo que sinto sobre a terra e os homens em suas alegrias e tormentas, a natureza e a vida onde o poeta traduz hierogrífos e decifra a existência.  minhas pinturas poederão ser vistas algumas no meu site, algumas criações são para exposição e não estão a venda. O meu site apresenta um livro de poesias on line. (folhas do outono). Em breve estarei publicando meu primeiro livro de poesias gospel.
Estou também agradecendo aos meus leitores, que admiram e incentivam meus textos, sempre enviando belos e construtivos comentários, com muito carinho o meu muito obrigado.

 

                          

Passo pessoal

 

Não espere de pessoas idolatria

Ou alguma coisa a mais da fama

Imagine que que quando se ama

Se deixa de lado a tola ousadia

 

Vá sabendo de que bem herdado

Em tesouros atulhados sobram

Nos cofres guardados esborram

Mas há muita fome em todo lado

 

Inocente ser que se imagina eterno

Nem aproveita o seu querer fraterno

Dando uma boa ajuda a quem podia

 

Um dia a lei da vida cobra o preço

A idade vem e mostra o endereço

Da viajem sem mala quem diria!

 

 

A graciosa borboleta

 

A crisálida enroscada entre a roseira
parecia entulho algo feito de sujeira
de cor qual rama cinzenta e sem alma
pendurada numa galha como palma

Indiferente o mundo nem olhava
Se lá dentro havia alguma vida rara
mas a suposta coisa feia pendurada
entre rosas indiferentes ostentava

Na poeira do tempo pétalas rolavam
As rosas multicores se murchavam
A crisálida pendurada ali continuava

Certo dia em um bela manhã ensolada
o universo então supreso se abismava
Uma belissima borboleta ali voava...

 


Intempestivo rondel

Amamo-nos intempestivo como poucos
Mas não cobramos nada um do outro
apenas foi um sentimento que emergiu
nos versos de teus gestos o amor surgiu

intempestivo amor de sentimentos soltos
fomos vivenciando o sentimento doutro
Amamo-nos intempestivo como loucos
Mas não cobramos nada um do outro

Enganados nos amamos como loucos
num tempo errado que nem conta horas
nos perdemos prumo e rumo na demora
diante do tempo errado nos apaixonamos
Amamo-nos intempestivo como poucos...

 

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s
s