s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Tlio Diniz
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

SENHORA

Não chora,
não é tempo ainda.
Acredita que a dor finda.
Espera, bela senhora.

O que hoje sente de dor,
em breve será fumaça,
pois, no fundo, tudo passa
e prevelece o amor.

Já está quase na hora
do seu sentimento agir.
Permita, ele quer sair,
seja feliz agora.

Por fim, pode bailar
pois, enfim, chegou a hora
e voce, bela senhora,
de alegria, pode chorar.

Télio Diniz

 
PÁLIDA FOTOGRAFIA

Pálida fotografia.
Meu distante passado.
Menino brincando não via
que nada era pecado.

Criança livre e feliz,
sonhando só em crescer.
Um eterno aprendiz.
Tudo querendo aprender.

Pálida fotografia
pela vida esquecida.
Hoje, lembrança fria,
em minha alma perdida.

Cresci e não consegui
meus sonhos realizar.
Penso no que não vivi.
Quem dera recomeçar...

Pálida fotografia.
Rosto iluminado.
Sorriso de pura magia.
Por onde andará meu passado ?

Télio Diniz 


CORAÇÃO SANGRANDO

Meu coração machucado,
sangrando dentro do peito,
do seu corpo afastado,
nem bate direito.

Sente a falta daquela
que toda noite desejo.
Precisa do peito dela.
Roga pelo seu beijo.

Outra noite sozinho,
ele não vai resistir.
Venha só um pouquinho.
Me ame e depois pode ir.

Télio Diniz


BIOGRAFÍA: 
Télio Diniz


Poeta Télio Diniz
Meu nome é Télio Fonseca Diniz. Moro no Rio de Janeiro e tenho 60 anos. Sou casado com Márcia, desde sempre. Tenho 4 filhos a saber: Rodrigo, Télio, Diego e Márcia, sendo estes últimos, gêmeos. Tenho 3 netinhos: Lucca e Camila, filhos de Marcinha e Gaia, filha de Télio. Tenho um outro filho do coração que é o Max, nosso cocker spaniel. Sou vascaíno doente e amo poesias. Sou coautor da Antologia Alimento da Alma vol.V.

Télio Diniz
e-mail de contato:

marciasallesdiniz@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s