s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Amlia Gonzalez Grimaldi
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

tempos modernos

morreremos todos de sede e fome?
foram-se os anos por saciar
de rock\'nd roll de paz e amor
a burguesia e o proletariado
ficaram no passado. Sera?
o pobre de hoje vejo
naquele catador de lixo vagando no bairro
a juntar papéis regeitados
veste-lhe roupagem ecológica
um ator de causas alheias
a oferecer livre espetáculo
segue o magro figurante da fome
a alimentar causas alheias
alheio é o seu pensar ao que se passa a vagar em delírio
entre a sede e a fome.

Amália Grimaldi

fingimento branco

visagem branca
vulto sutil
a alma do fogo
ela vem chegando
devagarzinho
indesejada
malcheirosa sufocante
fechei as janelas
a porta da frente
a porta do fundo
sem ser convidada
já dominava meu ar
a sala de estar
espalhou-se no sofá
indesejada
malcheirosa sufocante
deixou resquícios
em todo lugar
até no meu corpo
na minha pele
no meu cabelo
senti-me invadida
assim,em nome da enganosa sutil
politica da boa vizinhança
assim, passei a me vestir
de puro fingimento branco.

Amália Grimaldi

O dia final

pura judiação...ela não o seria...
ali presente em carne e osso
ela e a serviçal antes judiada
a dançarem seus ódios mútuos
ao sacrifício de seus semelhantes
em bonecos empalhados
de sátiras cruéis
assim, ao som de bumbo e tambor
vestida em brilhoso tafetá vermelho
renascia a criatura enterrada que estivera
no socavão escuro
do seu próprio guarda roupa
mas, era tão somente
um regozijo inútil
um bloco
de fêmeas e machos tolos
eis que o dia final havia chegado
e todos os dançantes
seriam então judiados...

Amália Grimaldi

biografia:
Amália Gonzalez Grimaldi

Odontóloga por formação.Artista plástica e escritora. Dois livros de poesias publicados. Escreve para o jornal local em cronicas semanais. Membro da Academia de Letras de Valença.

grimaldi.amalia@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s