s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Maria Dalvalene dos Santos
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
ALMAS NUAS

No lenol vi as marcas do pecado
Por uma brecha da telha que havia
Um corpo nu debruado do meu lado
Tambm j cansado em noite de orgia

E vejo duas taas vazias de vinho
Espalhadas no quarto roupas do casal
Concubinos consumidos de carinho
Um apego to lindo e sensual

Duas mentes envoltas no desejo
Dois corpos unidos em um s
Tantas palavras ditas com um beijo
E os desejos cobertos de suor

O mago penetrante das mos tuas
Percorreram meus segredos desejveis
Tabus foram quebrados , almas nuas
Que bem antes de ti eram imutveis

Desperta agora em mim sensaes
Insisto no prazer antes que passse
E todo turbilho de emoes
Deixo transparecer em minha face

Dalvalene Santos/2010

DO ANONIMATO

No me fascinaram as luzes da ribalta
Nem foi a fama total busca incessante
Antes resguardei-me a mente alta
Que previne a falta ao confiante

Fiz da escolha modesta e to simplria
Ante o foco dos flashes e holofotes
Fui traando com rima minha histria
Com versos rimados fiz os motes

Preferi as fazendas e currais
O mungido do gado na invernada
O amanhecer dos galos nos quintais
E o entardecer das conversas na calada

Quando dei por mim tinha encenado
No teatro da vida fiz meu recital
E depois de muito ter representado
Ficar no anonimato bem normal.

Dalvalene Santos/2011

GERAO FUTURA

Escrevendo para quem fica
Tambm para quem critica
Por um mundo bem melhor
Onde o sangue no derrame
E o furor no se inflame
Nas entranhas do suor

Aos que criam seus sonhos
Pelos recantos tristonhos
Que minha ptria esqueceu
Filhos da desperana
Que desde muito criana
Foi negado o que era seu

Aos esquecidos fadados
Desnudos, sem agasalhos
Atirados nas sarjetas
Que o pas lhe agradece
Lhe aposentando com prece
E um belo par de moletas

E para os que depois vem
Dure os anos mais de cem
Seguindo o tempo passar
Entre o que sofre e pode
No final quem mais se explode
quem no sabe lutar.

Dalvalene Santos


BIOGRAFA:
Maria Dalvalene dos Santos
Nasc numa pequena cidade do interior do Rio Grande do Norte, resido mais de vinte anos na capital que NATAL [Cidadedo Sol] ,separada, me de trs filhos e trs netos lindos. Vida minha: eterna inspirao, aposentada, trabalhei pro governo do estado na secretaria de tributao,soutcnica em contabilidade com CRC, hoje sou enfermeira para melhor servi ao irmo, passei grande parte da minha vida dedicando-me a cuidar da famlia, meu pai falecido muito cedo, tenho mais dez irmos, tive que assumir em parte seu lugar como pai de famlia, visando sempre o bem estar da famlia e dos que sempre me procuraram em busca de algum socorro ,enquanto no completar minha misso aqui na terra levo a vida em filosofar nas mais diversificadas formas que chega em meu corao sem hora e ocasio.

mds.santos@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s
s