s
s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Daniel do Rosrio Medina
Nacionalidad:
Cabo Verde
E-mail:
Biografia

Na distância

Sinto a dor de te não ver
e a saudade morde-me a alma
como fera acirrada.
Guardo o brilho do olhar
que te enfeita o rosto
para que me aqueça o corpo
nas horas rasgadas pela distância.
Busco no meu imaginário
a doçura das tuas palavras
de que aos poucos me sustento.
Arranco do peito um abraço
que se funde no vazio
e aquieto as entranhas magoadas
com teu sorriso envolvente.
Traço tuas mãos de seda
na luminosa tela da ilusão
para que semeiem em mim
lufadas mansas de carícias.
Chamo por ti com ecos de mar
e surripio beijos de fogo
que invento na minha mansa loucura.

...

Como cantata ao sol-pôr

Escuta o silêncio da alma que grita.

Abre as comportas do peito
e deixa o sol entrar
por entre as cortinas
dos olhos cerrados.
Rompe a névoa do cansaço,
rasga a bruma do pensamento
e pousa um sonho leve
na mão suave da brisa morna.
Um marulhar de emoções se escapa
como cantata ao sol-pôr na praia de Quebra Canela.
Ouve os desejos do areal sem fim
e traça nas ondas prenhes
longas vestes de prata
que o crepúsculo incendeia.
Levanta teu corpo
e toca os luzeiros do infinito.
Estende as asas da fantasia,
deixa-te voar na imensidão!...
Tropeça na lua ensonada
e constrói nela um abrigo de luz.
Revolve anseios reprimidos,
acorda esperanças entorpecidas
que o mar embala devagar.
Lança teu veleiro à deriva.
Deixa que a maresia te beije a alma
e um manto sereno te envolva
na quieta mansidão do despertar.
Amanhã quererás de novo o meu ombro?

....


Sonho

Na rosa do teu beijo
Travesti-me de Ser único
Alando-me de anjo por te Encontrar
E me capitular a teus pés.

Na rosa do teu beijo
Sorvi a tua língua de mel
E teu perfume quão abelha
Obcecada por pétalas tuas.

Na rosa do teu beijo
Deslizei inteiro pela pele do teu corpo
Feito espanadeiro para lavar teus anseios
Espraiado na ribeira protectora nas torres do teu quente araço.
Na rosa do teu beijo
Transmigrei de novo ao natal dos meus acordares de infância
Na terra onde as montanhas roçam e conquistam o céu
Rodopiando na dança alegre da mazurka do teu sorriso.

Adormeci na quietude da fragrância desse beijo
Que me ensinou a dançar em ti.
.....

Poema inacabado

Ardem-me os lábios
do beijo que não dei
e grita-me no peito
o abraço que se foi.
Sinto na pele
as labaredas famintas
da noite que não veio.
Rasgam-me o espaço
centelhas preciosas
de um olhar de luz
e povoa meu sono
um sonhar inquieto
como mar de ondas prenhes
reprimindo desejos vivos.
Sufocam-me palavras mudas
que trago em mim
num poema inacabado.


Biografia:
Daniel do Rosário MEDINA


Funções a desempenhar:

Professor Universitário. Investigador. Formador. Cronista.

Reitor da Universidade Intercontinental de Cabo Verde - UNICA

Formação Académica:

§ Doutor em Ciências Políticas – Faculdade de Sociologia, Administração e Ciências Políticas da Universidade de Santiago de Compostela – Espanha

§ Mestre em Linguística – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. Universidade Nova de Lisboa

§ Pós-Graduado em Direito da Comunicação – Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.

§ Licenciatura em Comunicação Social – com especialização em Jornalismo Internacional na Escola Superior de Jornalismo - Porto.

Possui:

Experiência académica em várias Universidades Portuguesas e Cabo-verdianas.
Coordenação de vários cursos. Orientação de dezenas de teses e monografias.
Dirigiu vários órgãos de Comunicação social em Portugal e Cabo Verde.

Publicações:

Vários artigos científicos em livros e revistas de especialidade.
Três livros de poesia;
Autor de dois livros técnicos;

É membro da Associação Cabo-verdiana de Escritores
Administrador da Associação Cabo-verdiana de Autores

Daniel do Rosário Medina

d.daniel.medina@gmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s
s