s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Tnia Gauto
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

Aff

Já não tenho paciência para poemas...
os textos, saltam inquietos os meus olhos.
Toda poesia furiosamente,
foge do poema contemporâneo...
o leitor já não interpreta, sente
ou qualquer coisa
que se possa fazer com um poema
que há de ser poeta
de ti
daqui a pouco tempo!?

Carne na carne

Chega de gestos cibernéticos,
quero esgotar meus ais
na sua boca.

Meus lençóis estão limpos demais

Chega de bjs eme ésse ênicos
preciso dos pelos roçando meu rosto,
e todo seu carinho
afogando as letras
antes que se consuma a palavra.

Meus músculos estão prontos
Cala-me.
salva-me.

A flor e o campo

À flor morena
De morenos gestos,
Gentis afagos
Declinou o prado.

Cantando a lira
De áureos poetas,
Nos travesseiros
De cetim calado.

Mas o martírio,
Pensamento impuro,
Desafiando teu impune ato
Impingiu-te o amor.

E quem tê ama
Das entranhas mortas,
Na aurora d\'ouro
Desprezou-te a flor.

Sabendo o talo
De total descanto
Pendeu-se triste
Ao leito de eterno pranto.

E a rubra face
Delicado encanto,
Da flor maldosa
Entregou ao campo.

biografia:
Tânia Gauto

Poeta amadora, resido atualmente em Campo Grande Mato Grosso do Sul

taniagauto@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s
s