s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Hellen Ferreira Aguiar e Ferraz
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
A SS

Sair no animo
O frio, deprimo
Prefiro mesmo
O cobertor mal passado

A porta fechada
A luz apagada
Tua roupa rasgada
E voc ao meu lado.

____________________________

VANGUARDA

O que te fizeram, pessoa?
Ah! No te fizeram pessoa...
Por que voc no se torna pessoa?
Ah! Porque ningum deixa...
Aos olhos mais atentos voc madeira,
Aos olhos da frieza
Voc invisvel, nada
Apenas mero nada lutando para existir.

Lute,
Continue,
Eu sei e tu sabes que s pessoa.
No se aflija, no se curve diante dos maus
Vista a armadura e v guerra.
Empunhe a lmina em nome da tua vida
E descobrir que de mero nada
Tornou-se heri dos seus descendentes.
E contar a tua histria
Para ouvintes sonhadores
Que almejam liberdade e amores
A histria,
De como doce a vitria
Ao jorrar o sangue coagulado da injustia.

___________________________

UMA PEDRA NO PRA BRISA

Durante uma hora,
No mais que uma hora...
Vejo rostos no cu:
Uns tristes,
Outros apavorados,
Outros satisfeitos e outros
Ainda tristes.
Vejo ainda no cu:
Sangue jorrando,
Anjos voando,
Flechas flechando jacars na lagoa.
Aquilo no eram borboletas pretas.
Eram cinzas de fogueira ao vento,
L em cima.
Tudo eu vi,
Numa tarde,
Numa viagem,
Por mero acaso,
Na festa do ocaso.


biografia:

Hellen Ferreira Aguiar e Ferraz
, que se identifica atravs do nome Melpomene Tragoediae, nasceu em 08.10.1991 em Jacinto - MG - Brasil. Escreve poemas desde criana e tambm contos desde sua adolescncia. A cada dia aprimora e amadurece mais seu jeito de escrever e seu amor por poesia.
Em breve publicar seu primeiro livro de poemas, o qual o nome ainda no foi revelado.

melpomene.tragoediae@gmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s