s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Thiago Acio de Sousa
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

Anjo pra sempre te amarei

Amo-te que de tanto não sei o quanto
Do tamanho do amor, que estou sentindo,
Amo-te e amo ver-te sempre sorrindo,
Não importa que custe até o meu pranto.

Amo-te tanto que provoco espanto
Ao ver o imenso amor em me contido,
Amo-te meu amor, meu anjo lindo,
Tanto, que me arrepio co’este seu canto.

Queria poder ir pro céu te buscar,
Mesmo que pela torre de Babel,
Escalarei só pra poder te olhar,

Queria ter asas para contigo estar
Deitados juntos nas nuvens do céu
Iria te beijar e pra sempre te amar.

Dedicatória: Dedico essa poesia ao anjo que me resgatou da escuridão do meu próprio coração, a um anjo chamado Mayara Kelly, que eu amo para toda a eternidade.

Felicidade

Nos tortuosos caminhos da vida
Andei procurando a felicidade
Disseram-me que está sendo vendida,
Mas descobri que não era verdade.

Procurei e vasculhei cada cidade,
Mas não achei onde estava escondida
A procurei na alta sociedade,
Mas lá também não estava contida.

Parei de procurá-la, pois cansei,
Toda essa procura foi em vão?
Acho que sim, pois eu não encontrei!

Mas no meu momento de reflexão
Notei um lugar que não procurei
E estava na palma de minha mão.

Não há distância para o amor

Como pode ser mesmo tão distante,
Eu sentir tua presença ao meu lado,
O calor do teu abraço apertado,
E ouvir teu coração sempre pulsante,

Como pode ser mesmo tão distante,
Sentir sabor do teu beijo molhado,
Sentir que inteiramente eu sou amado,
Por te meu anjo doce e tão prestante,

Como pode ser mesmo tão ausente,
Sentir que tu seguras a minha mão
Tão firmemente e sempre está presente,

É tão real que choro de emoção,
Como posso sentir sempre tão quente,
Este teu beijo no meu coração.

O que é o amor?

O que esse sentimento amor?
Ou será apenas mais um ardor?
Amor é aforgar-se neste mar,
Sem tentar nadar pra se salvar,

Amor é apanhar e até morrer
Maltratado e crucificado ser
Isto para salvar e proteger
Os que causaram este seu sofrer,

É cuidar do tal ente tão querido
Mesmo este sendo mal e bandido
Por sua família continua amado,

É se apaixonar por alguém distante,
Com um lindo amor eterno e tão prestante,
É amar como amigo e como amante

Amizade Verdadeira

Minha amiga quando estiver perdida
Sem saber qual caminho vai trilhar
Não prostre-se na cama a chorar,
Há jeito para tudo nessa vida.

Deus lhe mostrará qual é a saída,
Para o verdadeiro amor encontrar
O seu primeiro passo é se amar,
È agora, não fique arrependida.

E seja qual for a sua decisão
Não olhe para trás, olhe para frente
E Deus lhe mostrará a direção,

Sorria viva a vida contente,
Para tudo essa é a solução,
Não viva o passado, viva o presente.

Menina Mulher

Menina cheia de tanta pureza,
Charmosa mulher que a todos conquistam,
Linda menina que a todos cativam,
Com seu lindo sorriso e sua leveza.

Encantadora como uma princesa,
Linda flor rara que poucos cultivam,
Pois seu perfume os desejos atiçam,
Menina Mulher de rara beleza.

Mulher madura, menina dengosa,
Que a todos conquista com teu encanto,
Menina Mulher meiga e atenciosa.

Menina tão pura como um anjo
Sempre carinhosa e muito amorosa,
Mulher sedutora que nem sei o quanto

Meninos de Rua

Pobres meninos de rua, abandonados,
Perdidos nas ruas e desamparados,
Jogados a sua própria sorte,
Atormentados pelo medo e a morte.

Se vendo obrigados a perpetrar,
Sem nenhuma mão para lhe ajudar,
Sem fé, sem amor e sem esperança,
Adulto precoce e corpo de criança.

Problema invisível e imperceptível,
Sociedade cega se faz de surda
Sua voz mesmo gritada é muda,

Abandonados e desamparados,
Apenas querem ser um pouco amados,
Porém, só conseguem ser mais odiados.

Quem sou??[Thiago Aécio]

Sou exercito de um homem só,
Homem que não tem nada, mas tem tudo,
O que ver o futuro como pó,
O que sacudira com todo o mundo.

Sou a fênix que das cinzas renasceu
O último guerreiro que prevaleceu
O que mostrará que possui valor
O que vai superar a própria a dor

Sou o admirador da simplicidade,
Quem tem apenas a doce verdade
Aquele que possui a fé não dogmática

Um amante da pura Matemática,
Sou apenas um reles sonhador,
Que por um anjo lindo se apaixonou.

Bibliografia
Thiago Aécio de Sousa
, nome literário Thiago Aécio. Nasceu em Alexandria no Rio Grande do Norte, pois sua cidade Lagoa, sertão da Paraíba não tinha hospital, por isso se considera um legítimo Paraibano. É acadêmico de Biomedicina pela Faculdade Santa Emília de Rodat da cidade de João Pessoa, onde reside atualmente.
Participou da Publicação da Primeira Antologia Beco dos Poetas, com a participação de 3 poesias: O que é amor?, Soneto de Infidelidade e Meninos de Rua. E da IV Antologia Beco dos Poetas com o texto: Anjo pra sempre te amarei.

tas.aecio@gmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s