s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Arielly Ribeiro Athayde
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
As Fadas

As fadas danam
Ao som da mais bela melodia
E brincam a noite inteira
A espera de amanhecer do dia.

Suas dancinhas
Tem harmonia
Sua roupinhas, so coloridas
E suas assas delicadas.

Apesar de pequenas
So grandes em sabedoria
Pois elas sabem tudo
Sobre magia.

As fadas
So espertas e inteligentes,
So amorosas,
Alegres e contentes.

Depois de trabalhar
E um mortal ajudar,
Para os reinos das fadas
Elas devem voltar.

Na festa das fadas
Fica a disciplinar
A rainha encantada,
Mas, ser que isto adianta?

Quando o dia amanhece
Elas tm que descansar,
E vendo o nasce do sol
Elas comeam a deitar...

E dormem como anjos
Serenas e delicadas
Beleza encantadora
Porm atrapalhada.

Arielly Ribeiro

Voc no sabe

Voc no sabe o quanto desejo-te,
No sabe o quanto te espero,
No sabe o quanto anseio-te,
No sabe o quanto te quero.

No sabe o que sinto por dentro
Fogo que no aquece, mas devora
Prazer intenso tenho quando te encontro,
Porm passo desprezo por fora.

Voc no sabe o que escondo
O que oculto dentro de mim,
No meu sentido no mando
E sofro pelas coisas serem assim...

Voc no sabe, mas no olho nos seus olhos
Evito uma aproximao prazerosa
Pois o que fizer perdoem meus filhos!
Tiraria de mim qualidade de ser virtuosa.

Voc no sabe... Amor
O quanto no intimo me causa dor,
Voc no sabe... Meu viver
Mas vivo sem nem ao menos querer.

Arielly Ribeiro

Paixo incondicional

Sinto-me atrada pela noite
Pelas estrelas e pelo luar,
Pelo imenso horizonte
Que me rodeia que me seduz.

Seduz de tal forma, que me apego
E me entrego a to grande magia
Ento me achego, sei esta comigo,
E que ela hipnotizadora, no me deixa s.

E por me sentir segura, acolhida.
Desejaria, se pudesse no houver dia,
Pois ao dia fico retrada
Alm disso, o sol me cega, deixa-me
[a mostra],

A luz do sol, a pele lesa
Por isso ao dia refuljo - me a sombra,
E por seqncia o brilho, a luz da lua
Igualmente das estrelas, me agrada e deslumbra,
Meus olhos necessitados de algo ameno.

Quo fascinante noite
Sem palavras fico a vagar
A to segura e escura noite
E logo por esta, fui me apaixonar.

Arielly Ribeiro

Biografia
Ariele Ribeiro Athayde
, mais conhecida como Arielly Ribeiro nasceu no dia 20 de outubro de 1994, Aracruz, Es.

Seu interesse pelo teatro e poesia, comeou aps participar de oficinas, que foram ministrados pelo Fbio Aiolfi, a partir de maro de 2009. Neste mesmo ano participou da palestra Poesia em nosso dia e tambm de um Sarau Potico.

No dia 4 de novembro estreou na pea No igual s outras Princesas onde representou o Melancia [Narrador], e em 14 de dezembro, participou da pea A Princesa e o Sapo onde fez a Ana[ Bruxa]. Ambas as peas foram dirigida pelo escritor e Diretor teatral Fbio Aiolfi.

Atualmente, atriz e poetisa. E procura se aperfeioar cada vez mais na escrita e no teatro.

E-mail: ariellyribeiro.arte@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s