s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Reinaldo Alberto Raymundo
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
Inocncia.

Aonde foi que se perdeu
sua inocncia
Idade uma coisa passageira
Tristeza no tem casa pr morar
Alegria as vezes tambm solteira
O vento tem ouvidos
O pssaro repousa no ninho
e canta em todo lugar
J colhi fruta no p
manga, uva , camaro e contra fil
ascendi lanterna, na rua escura
comi po com banana e acar
bebi agu da chuva e caf
senti sadades do bonde
da carroa e do p de moleque
jogava bola na rua
nadava pelado no rio da biquinha
depois de roubar amoras
na casa da vizinha
cheiro de bolo de fub
fazia feira toda semana
pr no ter o que faltar
gil, abobrinha, rucla
e muito peixe pr fritar
dei topada em muita pedra
sa de bicicleta na rua de mato
namorava escondido
e nem sabia beijar.

Evoluo.

A terra que engoliu o homem
cuspiu semente
nasceu uma rvore
que nada sente !
sem folhas nem flr
o vento passa
sem se icomodar
se nada tens !
nem posso te balanar
No dar frutos !
nem casca tens !
sua alma perdeu-se
na desventura ,ficou doente.
a chuva
no consegue te reguar
no podes beber de agu torrente
o sol tenta te aquecer
para passar esse frio
das raizes expostas.

Poemas de Reinaldo.

biografia:
Reinaldo Alberto Raymundo


rei_naldohal1@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s