s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Maria Auxiliadora Mota Gadelha Vieira
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
PRIMEIRO AMOR

o amor aos quatorze, todo uma aventura...
Sonho lindo demais, to doce fantasia.
o olhar que ardente e terno, clere procura
a luz do outro olhar que lhe clareia o dia.

o amor aos quatorze, a descoberta pura
das sensaes, desejos, meigos sentimentos;
absorvendo luzes, cores, com ternura,
desabrochar vibrante em todos os momentos.

Este primeiro amor to lindo se assemelha
rosa entreaberta que ao orvalho aflora,
ao prateado mar que noite, a Lua espelha.

Este primeiro amor, profundo, traz saudade
das emoes vividas pela vida afora,
por ns que j no temos mais to tenra idade...

SAUDADE...

Sinto saudade de um sonho,
de uma sombra,
de um momento...
Sinto saudade de um tempo,
de um cheiro,
de um sorriso...
Sinto saudade de um instante,
de um toque,
de uma cano...

Sinto saudade do sonho que no foi vivido,
da sombra que desapareceu na curva da estrada,
do momento que passou fugidio...
Sinto saudade do tempo que ficou no passado,
do cheiro que se volatizou,
do sorriso que se congelou num esgar...
Sinto saudade do instante apagado da memria,
do toque que roou minha pele sem deixar marcas,
da cano que hoje, ainda me faz chorar...
De saudade!...

NA ROTINA DA VIDA...

Na rotina da vida me perdi!
Olhos vazios de luz, mos sem calor.
Bocas caladas de risos...
Na rotina da vida me entreguei!
Perdido o sonho, a nsia de lutar,
esperando o futuro sem forma,
deixando o instante passar...
Na rotina da vida me esqueci!
Percorrendo estradas sem volta,
caminhando entre vultos sem nome,
vivendo sem nada a esperar...

Na rotina da vida me encontrei!
Revi meu rosto e o brilho. Desenterrei quimeras...
Reconstrui os planos. Despertei os sonhos.
Na rotina da vida me animei!
Vi crianas nascendo, desabrochando em risos.
Iluminando o sol, perfumando jardins...

Na rotina da vida me enxerguei!
- Sou hoje aquilo que outros tambm foram.
Meus filhos, o que eu fui...
Na rotina da vida percebi:
o mundo gira e tudo ento retorna.
Os sonhos so iguais, as lgrimas e os risos.
Idnticas as esperanas...

Na rotina da vida eu reencontrei
semelhante ternura e o mesmo desespero...
Na rotina da vida a eterna previso:
mais adiante, alm, outros risos e prantos,
novas luzes e sonhos... Tudo recomea!
a rotina da vida!...

biografia:

Maria Auxiliadora Mota Gadelha Vieira
nasceu em Piquete, SP, em 02/11/1948. Filha de Geraldo Silvia Mota e Maria Augusta Beraldo Leite Mota, poetisa e escritora conhecida como Mariinha Mota.
Estudou em seus primeiros anos no Grupo Escolar Antonio Joo e depois no Ginsio da FPV. No Colgio Estadual de Piquete concluiu o curso cientifico em 1966 e, no mesmo ano, formou-se na Escola Normal Duque de Caxias, tendo arrebatado o Trofu Rui Barbosa, destinado aos alunos que obtiveram a primeira colocao nos trs anos do curso. Recebeu tambm a Medalha de Psicologia, pela primeira colocao nessa matria, por todos os trs anos do curso.
Em 1968 foi aprovada em terceiro lugar, no vestibular de medicina da Escola Mdica do Rio de Janeiro - Universidade Gama Filho, graduando-se em 13/12/1973.
Em dezembro de 1974 concluiu a Residncia Mdica do Servio de Cirurgia Infantil do Hospital Estadual Souza Aguiar, Rio de Janeiro. Em dezembro de 1976, concluiu Residncia Mdica em Ginecologia e Obstetrcia no Hospital Maternidade Praa XV do Instituto Nacional da Previdncia Social, no Rio de Janeiro. Ainda no Rio de Janeiro, em 1974, foi professora assistente da Cadeira de Anatomia e Fisiologia do Curso de Terapia da Palavra do Centro Educacional Henry Dumont.
Casou-se em 1976 com o cearense Vanius Meton Gadelha Vieira, mdico psiquiatra e psico terapeuta, psicanalista lacaniano, pianista, historiador e escritor reconhecido. Radicaram-se em Fortaleza, CE, desde 1977. Tiveram tres filhos: Carlos Meton [mdico pesquisador na rea de neurociencia], Fernando Meton [mdico oncologista clnico] e Jlia Beatriz [psicloga organizacional].
No Servio Social da Indstria - SESI - Departamento Regional do Cear, desenvolveu de 1977 a 1985 o Curso de Assistncia Psico-Profiltica ao Parto e Planejamento Familiar, nos moldes do Programa Materno Infantil, posteriormente implantado pelo governo federal.
Mdica da Secretaria de Sade do Estado do Cear, atuou na Maternidade Escola Assis Chateaubriand, pertencente a Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Cear, como obstetra, de 1978 a 1982, tendo chefiado o Ambulatrio de Indigentes.
Transferida para o Instituto do Cancer do Cear, atuou como medica ginecologista at 1988, quando foi convidada a implantar, no estado, o Programa de Preveno de Doenas Sexualmente Transmissveis e AIDS. Nessa funo, atuou como coordenadora e instrutora de Cursos Bsicos de Doenas Sexualmente Transmissveis e de Educao em Sade/Estratgias para Preveno e Controle das Doenas Sexualmente Transmissveis/AIDS, destinados aos profissionais mdicos e paramedicos da capital e do interior do estado.
Mdica do Instituto de Previdncia do Municpio [IPM] de Fortaleza, desde 1978, atuou como ginecologista e obstetra at 2002, quando foi transferida para a Percia Mdica Municipal. Reestruturou o atendimento pericial, redigindo a normatizao de condutas periciais e a cartilha de orientaes ao servidor. Colaborou com seu esposo, tambm mdico do municpio, na implantao de um programa de reabilitao do servidor municipal com distrbios psicolgicos - PAPI [Programa de Assistncia Prioritria Integrada], utilizando a tcnica da Psicoterapia Breve, em funcionamento at hoje.
Em 2005, convidada a assumir a Coordenao de Sade do Instituto de Previdncia do Municpio [IPM] criou Programas de Preveno e Reabilitao da Sade do Servidor Municipal, com uma viso multiprofissional: Sade da Mulher, Preveno e Tratamento das Doenas Hipertensivas e Diabetes Mellitus, Sade Ocupacional, Preveno das Patologias Orais e Cncer Bucal, Reabilitao Vestibular, Aprimoramento Vocal, Apoio e Recuperao dos Alcoolistas.
Em agosto de 2008, retornou Direo da Percia Mdica Municipal, onde se encontra atualmente. Desde menina, por influncia de sua me dedicou-se literatura, poesia e ao teatro. Atuou como atriz amadora em peas como Pluft, o Fantasminha; declamadora arrebatou vrios prmios em concursos de declamao. Sonetista, trovadora e poetisa participou de algumas antologias como Poetas do Brasil e Escritores do Brasil de Aparcio Fernandes, Em Busca do Poema Prola e outras obras desse tipo. Autodidata, criou um site na internet - http://www.mauxhomepage.com - onde disponibiliza todos os temas que lhe interessam: web design, musica, poesia, histria, educao infantil. Dentre as vrias sees, a que denominou 'Piquete Cidade Paisagem', destaca o carinho e a saudade de sua terra natal, focalizando sua gente, suas tradies, seu folclore e at sua culinria.

maux@fortalnet.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s
s