s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Mrian Warttusch
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

TU ÉS MINHA PRIMAVERA!
Mírian Warttusch

Primavera sempre é linda
Se você sorrir pra mim.
Não há flor tão mais mimosa
Que os teus lábios de carmim.

Perfume dos teus cabelos
Nem os jasmins tem igual
Quanda tu soltas as tranças
- que coisa fenomenal !

Teu corpo exala as essências
Das primaveras todinhas...
Fico encantado de amor,
Pelas flores que são minhas.

Tu encantas minha vida,
De perfume e de mil cores,
És um delírio de linda!
Reduto dos meus amores!

Estremeces nos meus braços
Tênue flor do meu jardim,
Floresces em mil desejos
Ao te entregares a mim!

Amo você!

--

MESMO LONGE...
Mírian Warttusch

Saudade sinto no peito,
Nesta manhã tão chuvosa
Que faz tão fértil a terra
E a torna tão dadivosa!

Semeamos eu e tu,
Tantos campos a sorrir,
Somos gratos, meu Senhor
Ao vê-los assim florir!

Com sementes escolhidas,
Semeamos nossos campos;
Vem à noite, iluminá-los,
Milhares de pirilampos!

Mesmo longe desses campos
Saudade o peito a ferir,
O perfume dessas flores,
Daqui eu posso sentir.

Se a noite eu quiser olhá-los,
Mesmo longe - ai meus queixumes...
Estarão iluminados
Por todos os vagalumes!

--

O ÊXTASE...

Indescritível, etérea sensação...
Pontas dos pés... voar...
Dar asas ao coração!
Um girar de pernas, ágeis, insinuantes,
Doce leveza de braços flutuantes.
A mágica de passos sinuosos,
Um conjunto de movimentos graciosos,
A bailarina parece de uma flor nascida,
Talento... ÊXTASE... encanto... vida!

* * * * * * * * * * * *

O ECSTASY

Indescritível, etérea sensação...

Pés inertes... dormentes...
Sensação de voar...
Desligar-se do próprio coração!
Pernas amortecidas, anestesiadas,
Braços pendentes, alma alucinada!
No delírio, a imaginação passeia...
Pupilas se dilatam, o olhar vagueia...
Parar? Porque, se o vício é tão mais forte?
Agonia... ECSTASY... dependência... morte!

Mírian Warttusch
.

biografia:

Mírian Warttusch
, nome artístico de uma escritora de alma sensível e apaixonada, que afirma já ter nascido poeta e sonhadora.
São Paulo a viu nascer na década de 40, no bairro de Tatuapé, onde paisagens magníficas como as da Mata Paula Souza estavam preservadas e intocadas em suas belezas naturais e serviram de cenário para sua infância de sonhos poéticos e inesquecíveis.
Ela e seu pai adentravam essa floresta e ali os dois passavam horas deslumbrantes, ele a tocar seu violão e ela a cantar, o que lhe preenchia a alma e a preparava para anos mais tarde fazer aflorar seus dons de poeta e compositora.

Numa primeira tentativa, aos oito anos dedicou alguns versos para sua irmã Marília, colocando-os em seu livro de recordações, sem todavia mencionar o autor. Nesses versos, o poeta exaltava a beleza da mulher: \'ledo sorriso tu tens, por entre ele a escapar, um fio de tão alvas pérolas, deixando a furto brilhar\' e até hoje Mírian se penitencia por essa injustiça, pois não conseguiu saber quem é o autor dos versos.
Escreveu muito nos anos 60. Em seu livro \'Sonho e Realidade\', muitos poemas são uma autobiografia da autora, e foi ainda nessa década, que em parceria com o poeta Dr. Coryntho Baldoíno, ela escreveu lindos poemas para o livro \'Uma Odisséia no Tempo\', mas infelizmente Dr. Coryntho faleceu antes do lançamento da obra.
Casou-se no ano de 1975 e desse casamento teve três filhos. Ficou afastada dos meios literários por quatro décadas.
Retornou com a obra \'Programa Cultural Planeta Azul e Verde\' que se compõe de vários projetos ecológicos, contendo histórias, músicas e textos teatrais direcionados para a educação infanto/juvenil.
Atualmente é autora de poemas, sonetos e crônicas em diversos sites e através da Internet conheceu dois maravilhosos sonetistas, Jenário de Fátima de Brasília e Nizardo Wanderley de Natal, com os quais iniciou uma parceria poética romântica e inusitada, e hoje Mírian/Jenário e Mírian/Nizardo são conhecidíssimos e aclamados autores virtuais.

Foi por ocasião do Natal de 2007 que ao receber pela Internet, o soneto \'Fantoche\', de Jenário de Fátima, respondeu-lhe com outro soneto \'Desajustes de Natal\' e assim, a cada soneto que ele lhe enviava, ela lhe respondia com outro soneto. Aconteceu, pouco tempo depois, com Nizardo, que ao lhe enviar o soneto \'Amor de Net\', teve a surpresa de Mírian lhe responder com o soneto \'Internautas Apaixonados\'.
Os três sonetistas resolveram brindar seus leitores com uma edição com nada menos de 150 envolventes sonetos - 35 de Jenário, 35 de Nizardo e 70 de Mírian - que lhes trará deliciosas surpresas. O livro tem seu lançamento previsto para outubro de 2009, pela Editora Mar de Livros.

patronesse e autora de todos os hinos das Academias Estudantis de Letras:

PADRE ANTÔNIO VIEIRA
GUIMARÃES ROSA
MONTEIRO LOBATO
CECÍLIA MEIRELLES
CLARICE LISPECTOR
PAULO DANTAS
LYGIA FAGUNDES TELLES
VINÍCIUS DE MORAES
ANTÔNIO FRANCISCO [EM APOIO NO RN]
CORA CORALINA
PEDRO BANDEIRA
MACHADO DE ASSIS
CASTRO ALVES
CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE
Autora do Programa Cultural Planeta Azul e Verde, com um conteúdo de oito projetos linkados a ele, contendo músicas, peças de teatro, histórias em quadrinhos e o primeiro CD desse Programa, com 20 músicas, enfocando \'Animais em Extinção\', poderá ser adquirido através da internet no site da Livraria Virtual: http://www.mardelivros.com/

miriansch@uol.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s