s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Tet Crispim
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

Criança desrespeitada,
Nem pela família amada, e sem direção caminha...
Nem se dá conta da hora - pra ela não há vida e nem tempo-
Pois não há sonhos... Sua inocência foi roubada,
Violada pelo desamor.
Seus passos foram treinados ao relento,
Nem histórias de faz de conta, nem cantigas de ninar,
Só o som de artilharia que a faz sobressaltar.
Invés de brincar de pique- esconde corre do perigo,
Na esperteza de pequenino, na fragilidade do ser.
Nem tampouco se encanta com brinquedos
Pois carrega consigo uma ocupação adulterada,
Nada de infantilidade, nenhum jogo de criança,
Mas outra vida precoce nos braços, um vício, um trabalho ilícito...
Da meninice coisa nenhuma..
Exibe-se envelhecida pelos hábitos e moda dos adultos,
Como se fosse miniatura de gente grande.
Assim balão de ar, para elas não tem lugar, nem balanço pra brincar,
Seu brinquedo são armas, ou banho no chafariz da praça.
Algodão doce, sorvete e nem pirulito lhe suja o rosto, como todo infantil
Já possui a face marcada pelas duras condições do abandono.
Do olhar brilhante e atento de uma criança, um contemplar profundo
Desconfiado, desanimado, descrente...
Marcado pela lágrima permanente
Invisível... Mas no fundo está lá,
Basta apenas o amor enxergar.

TetêCrispim

Prisma Caótico

Ecos agudos calam a sinfonia do mundo,
Faces sem brilho deixam cair lágrimas,
Olhos sem direção fixam apenas no chão,
Mentes em multidão seguem em reunião,
Num prisma caótico onde domina reflexo,

Vozes ecoam sem nexo,
Falso sorriso convexo,
Façanhas da submissão,

Xepas de festim substituem o pão,
Resultam promessas xaropes de êxito,
Armas na mão do soldado inflexível,
Corpos exaustos Clamam por justiça,

Choro profundo no vale da destruição,
Flores no acaso mexem com o coração,
Um prisma convicto emite um facho,
Flui cantares de esperança na alma,

Gritos sem medo,
Idéias em cheque,
Renovam a construção.

TeteCrispim

Face em preto e branco

Pode mudar minha face, minha aparência,
De acordo com meu exterior e minha verdade.
Caracterizando uma face em preto e branco:
de visível aos olhos humanos
Outra de ao entendimento.
A parte visível Dependerá do meu estado de espírito,
Da minha inspiração, e do meu coração.
Já a outra, que é a alma, esta não posso mudar.
É soberana, Não transfere e nem se corrompe, e sim se completa.
É responsável pelo meu equilíbrio, pelo meu germinar, meu revelar.
Então me visto de flores exalando amores,
Cubro-me de sedas, me solto, me liberto,
São nos momentos descontraídos do meu ser.
Ás vezes despojada uso minha simplicidade,
Com alma lavada e despida irradiante de paz.
Já com jóias da sabedoria faço sobressair meu requinte
O gosto do luxo da descoberta me toma...
É a diferença estampada poeticamente na minha imagem,
Minha busca de sonhos, minha insistência...
Assim mostro meu rosto se a vida permitir e descortinar,
Exibindo meu retrato, meu cartão de visitas.
Tomo direção rumo ao caminho que acredito ser o melhor pra mim
Porém, meu EU resiste dentro de mim,
É soberano, Não transfere e nem se corrompe, e sim se completa.
Então não me julgue pelas aparências,
Observe e reflita o individual de cada um. Aprenda a conhecer um ser...
Muitas vezes o exterior não retrata o que a alma diz,
Tem momentos que são necessários nos desenhar em preto e branco
de visível aos olhos humanos
Outra de ao entendimento...
TeteCrispim

biografia:

Tetê Crispim
, professora fluminense que ama intensamente a escrita e a arte. Dentre os trabalhos literários da autora. Livro Didático- em edição: Nova Visão de valores, Herói de Cristal, Cárcere Invisível. Peças teatrais: Utopia de Lara, Cristo em Pedaços, Relatos Desumanos, A casa do contador de histórias, Contos: O Anjo que virou médico, A mais linda Canção, Memórias de Pérola, Poemas, Projetos Pedagógicos e Palestras Educacionais.

terezinhaa56@gmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s