s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Bernadethe Ribeiro
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
contato@bernadetheribeiro.com.br
Biografia

Bernadethe  Ribeiro

Após esta data, por duas décadas Bernadethe Ribeiro viveu exclusivamente para a família, quatro filhos e dois netos. Mas sempre procurou estar perto dos livros. 
Vindo morar em Belo Horizonte, tudo fez para se desenvolver como musicista. Estudou na Ordem dos Músicos do Brasil, portando carteira profissional. Estudou teoria musical na UEMG . Fez curso de técnica vocal com a cantora e professora Babaya. Estudou teoria e harmonia com os melhores professores de Belo Horizonte, dentre eles Yan Guest e o maestro Nestor Lombida. 
Hoje Trabalha dando aulas particulares de violão popular e canto, e realiza seus projetos, levando seus alunos para se apresentarem em teatros e casas noturnas de Belo Horizonte. Para conhecê-la melhor acesse: 

http://www.bernadetheribeiro.com.br

 

Oração de Um Pota

Deus, Pai Mãe do Universo
A serviço Teu me fiz poeta
Para falar de Zelo
De Amor e Gratidão
Mas, outras palavras ainda virão!...

Deus, Pai Mãe do Universo
Obrigado, por construíres nossa casa!
Habitação de todos os Reinos
E de todos os Elementos.
Em harmonia!...

O azul da Terra reverencia o Cosmos
E eu agradeço por ser Teu filho

Deus, Pai Mãe do Universo
Faze com que o amor, herança nossa,
Fenômeno poderoso e límpido,
Ilumine os nossos caminhos
Para que vislumbremos a paz!...

Deus, Pai Mãe do Universo
Que a Tua energia de amor
Alcance nossos corações
Desperte nossas consciências
Para que sejamos Zelosos
Zelosos!...
Zelosos!...
Zelosos!...
Para com a Tua criação.

BH\\ Novembro de 2009

Planeta Menino

Abraça minha alma. Não tenha medo!
Existe luz em seu caminho!
Vamos ter fé! Ainda há tempo.
A humanidade lhe dará carinho.

Eu sei... O chão é de Cristal...
Mas o teto é Deus! ...É o infinito
Você sabe. O bem sobreporá ao mal
E o nosso sonho será bendito!

Sinto um raio de luz pular do meu peito.
Isto é amor, menino bonito!
Mas a dor dói aguda. Dói de um jeito!...

Será que o homem está perdido?
O tempo urge. Veja o grito!
O planeta derrete... e chora sentido.

BH - Novembro de 2009

VIOLÃO QUERIDO

Não era harpa de anjos
Nem uma bela canção
Só eram doces acordes
Que vinham de um violão.

Eu não podendo tocá-lo
E achegá-lo ao coração
Lembrava o cheiro do pinho
Pra acalmar minha emoção.

Já havia muito tempo
Não o tinha em meu viver
Realizava outros sonhos
Atendendo o meu querer

A saudade bateu forte
Foi saudade de doer
Eu achei que o meu amigo
Poderia me esquecer.

Mas o tempo foi passando
Pra que eu pudesse entender
Que era um tempo de outro tempo
Que eu tinha de viver!

Mas a tempo ele voltou
E a música brotou
E eu partilho com você
Um pouquinho do que sou

biografia:
Bernadethe Ribeiro
MARIA BERNADETE DE CARVALHO RIBEIRO


Bernadethe Ribeiro [nome artístico] é cantora, compositora, violonista e poeta. Nascida a 14 de julho de 1950, viveu sua infância em um casarão antigo, em contato com a natureza, com a religiosidade e com a música. Encantada a menina Bernadete ficava com as Polonaises de Chopin, que voavam do alto da igreja, para as montanhas verdejantes, sob o céu azul de sua terra natal, Consolação, cidadezinha localizada na região das Serras Verdes do Sul de Minas Gerais.
Na adolescência, era chama da de: \'A Patativa Sul Mineira\'. No ano de 1970, seu amigo lhe dedicou este poema:

O meu pedido

Foi num programa de TV famoso,
Que a nossa Bernadete apareceu
Cantou bem, fez bonito e mereceu
a nota 10 do júri rigoroso.

Logo no Início o Borba, malicioso,
Procura perturbá-la... Aconteceu
Que a moça artista feita, assim nasceu,
E alcançará sucesso esplendoroso!...

Agora, ó doce e meiga Bernadete,
Vai aqui o desejo deste amigo
Que lhe devota a mais terna admiração:

Que o seu porvir brilhante de Vedete
Não a coloque nunca no perigo
De transformar seu nobre coração!

Benedito Granado Pereira _____________________ Consolação, 11\\ 12 \\ 70



 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s