s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Roberto Da Silva
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
Recife: Cidade das guas

Recife:
Cidade das guas,

Dos rios que correm
Espalhando-se no mar...

Sobre tuas guas flutuam
Restos de sonhos vividos,
De presente, de passado,
Levados ao vento
Perdidos no ar.

Leito de rio
Acmulo de histrias
De misria e de glria
Tal e qual nossa bandeira no ar.

Recife:
Cidade das guas
Dos rios que voltam
Empurrados pelo mar...

Roberto Da Silva
Agosto de 2006


Dos Recm-nascidos da Ponte Velha da Boa Vista

Da Ponte Velha da Boa Vista
Caminhava pensando a vida...
Do para-peito, olhei o rio:
gua-cinza, mangue-frio.
Refletiam apertadas moradas
Margeadas de silenciosas figuras
Mas, entre tantas se viam
A lentos passos milhares de recm-nascidos...

Banhavam-se ao calor do sol,
Imagens incompreensveis,
Pois que, tempo a cont-las no se havia...
A gua limitava a lama,
Em movimento detritos surreais.
Tudo margeando o potico Capibaribe!
E nesse vai e vem de fina gua
Brilhavam qual vidraa rara
Cavaleiros da triste figura.

Essa velha Cidade das guas
Coberta de estranha beleza,
Obrigava-me a debruar
A Ponte Velha da Boa Vista.
E, enquanto meus olhos nervosos,
Tentava contar os milhares de recm-nascidos,
Estes se desenhavam a ritmo sincopado
Embelezando o mangue do Rio Capibaribe.

Pra-frente!...pra-tras!...
Pro-lado!... pro-outro!...
Dos encontros, as facetas:
Cavalheiros no cruzar de patas ao sol.
Tudo era brilho nos meus olhos...
Nos seus olhos... Ah! Seus olhos...
Saltavam... Baixavam... Levantavam...
Saltavam... Baixavam... Levantavam...


Roberto Da Silva
Agosto de 2006


Crianas frexando o rio

Do espao romperam-se sonhos
Entre cruzar de mos e ps.
[sonhos...acrobacias...pernas mil...]
Explodiam gritos e intensivos berros.
Frexavam o velho rio.
Sorrisos estranhos l mergulhavam
Sobre reflexo do mangue frio.
A felicidade l morava,
Bem no meio do rio.

Passageira felicidade...
Tudo isso acontecia
Sob a Ponte Velha da Boa Vista
E a minha vista
A realidade passava
E eu via...


Roberto Da Silva
Agosto de 2009


BIOGRAFIA:
Roberto Da Silva
nasceu no Recife Cidade das guas em 08.02.49. Vem de tronco familiar dos SILVA, MIRANDA e SANTIAGO, onde as tendncias para as Artes Plsticas, Visual, Musical e Literatura se perdem no tempo. Iniciei, com o meu amadorismo, aos 10 anos onde vendia por encomendas as ilustraes e caricaturas. Profissionalizado em 1970 como Programador Visual na indstria txtil do Cotonifcio da Torre e logo depois, no mesmo grupo empresarial, como Diretor de Arte dos Supermercados Comprebem. O mestre, da iniciao no campo da arte aos 13 anos [1962/1965], foi o Artista Plstico italiano Luigi Notaro. Professor de Arte da Escola Tcnica do Recife. Ingressei, em 1971, como profissional das Artes Plsticas, na primeira exposio coletiva programa da Escola de Belas Artes do Recife na feira anual e Artes Plsticas do Convento de So Francisco [hoje Museu de Arte Sacra e Contempornea] de Joo Pessoa - Paraba. A primeira exposio individual, em 1973, aconteceu no MAC-PE Museu de Arte Contempornea de Pernambuco Olinda. Abriu o evento apresentado pelo Professor de Comunicao e Poeta Jomard Muniz de Brito com a pesquisa Experincias Csmicas: tema social sobre a ocupao do espao. 1976 foi o ano de minha viagem Itlia. Matriculei-me na Escola de Belas Artes de Roma [preferi a desistncia por ser uma escola para professores de arte segundo a nova reforma], logo depois me transferi para a Faculdade de Arquitetura da Universidade La Sapienza de Roma Itlia [1977/1984]. Este perodo vivido em Roma estudei com os seguintes professores: Dr. Bonito Oliva criou o movimento internacional de artes plsticas TRANSVANGUARDA Histria da Arte Moderna e Contempornea; Dr. Carmine Benicasa curador da bienal de Veneza Histria da Crtica da Arte; Dr. Filiberto Menna Crtico de Arte que escreveu o polmico livro Critica della Crtica Histria da Arte Moderna; Dr. Emlio Garroni Presidente da Associao Europia de Filsofos Esttica. O campo da arte Roma me proporcionou escrever [textos crticos, literrios e poticos] para a Revista AMICIZIA e realizar vrias conferncias e exposies individuais e coletivas na Itlia-Austria-Alemanha-Frana-Espanha-Venezuela-Brasil. No ano de 1979 iniciei uma pesquisa na arte O comportamento do homem no espao urbano que serviu de referncia minha penetrao artstica na Europa. O meu retorno ao Brasil deu-se em 1986. Familiarizado no cenrio artstico do Recife , criei em 1988, juntamente com minha esposa Cristina Presbitero o Instituto de Cultura Brasil-Itlia [ainda hoje em atividade] e deu-se incio a um grupo internacional de pesquisas artsticas da realidade urbana que veio a se transformar nos REALISTAS URBANOS [atualmente em comemorao dos seus 20 anos]. Sua proposta inicial foi detectar uma escola de pensamento na arte pernambucana: A Escola Pernambucana de Arte. Foram abertos vrios intercmbios culturais e artsticos com a Itlia e a Frana. Do ano de 1986 aos dias atuais, escrevi textos crticos [livro no prelo Por um momento de crtica] sobre arte, para vrios artistas brasileiros e estrangeiros participantes do intercmbio e publicados em catlogos, revistas e livros. Neste nterim escrevi e publiquei vrias poesias. O Grupo Realistas Urbanos, por vir da Arte Conceitual, tinha na linguagem potica sua referncia na construo da obra de arte. Atualmente, eu desenvolvo uma proposta em escultura, desenho e pintura, baseada em uma pesquisa sobre o fenmeno da pichao: A imaginria popular: sub-pesquisa do Comportamento do homem no espao urbano. Venho h vrios anos [1988] desenvolvendo pesquisas da relao entre a arte e o comportamento atravs da colagem. Todos os participantes dos cursos por mim ministrados eram acompanhados por um trabalho teraputico atravs da arte: desenvolvimentos dos processos criativos patrocinando a auto-estima. No inicio de 2000 fiz uma especializao em Arte Terapia pela Pomar do Rio de Janeiro adaptando as colagens aos novos paradigmas repassados.

Minha atual atividade como Artista Plstico, Poeta, Terico e Crtico da Arte. Como Produtor Cultural eu atuo com projetos cientficos na rea da arte e da cultura. Na Arte Terapia desenvolvo um projeto para o deficiente visual. Tenho vrias poesias editadas em jornais, revistas e trabalho em um projeto Poesia nos muros na Cidade do Recife.

Roberto Da Silva

roberto_da_silva@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s