s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Regis D\'Almeida
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

POEMA DEDICADO À FUNDAÇÃO CENTRO DE REFERÊNCIA DA CULTURA NEGRA/MG – FCRCN
[Régis D’Almeida]



BORDANDO A VIDA


SE PELE NEGRA É TÃO BELA
E TÃO MINHA
PRA QUE COSTURARMOS
O QUE É ELA
E ESTÁ FEITO
ACHO MELHOR BORDARMOS
OS NOSSOS DEFEITOS
QUE ANDAM RASGANDO
OS NOSSOS DIREITOS
E DA MÃE NATUREZA


AS FACES DO PICASSO
Régis D\'Almeida


EU VOU
EU VOU LHE ENSINAR
COMO EU PINTO NO SEU QUADRO
SUA BOCA LINDA
EM PLENA PRAÇA À NOITINHA
BEIJANDO O INESQUECIVEL PICASSO
ESSE GRANDE E DURO ARTISTA PLÁSTICO.

PAPELÃO
[RÉGIS D’ALMEIDA]


ESTÁ SOBRANDO HOMEM
OU ESTÁ FALTANDO MULHER
OU ESTA GENTE QUE ESCOLHE
NÃO SABE O QUE QUER
PRA MELHOR SABER
TAMBÉM NÃO SABE QUEM ELA É
NÃO É ISSO, SEMPRE É ISSO, O QUE EU DIGO

COM MUITA VIDA A VOAR
E MUITO VERDE A QUEIMAR
CAIXA DE PAPELÃO
COM CRIANÇAS MORTAS E VIVAS
ESPERANDO QUEM VAI LEVAR
VOCÊ RI, E EU A LHE QUESTIONAR


QUEM MATOU, ISTO É AMOR?
ESTA PERGUNTA NINGUÉM SABE ONDE ESTOU
MAS UM DIA A VERDADE EXTERMINA ESTE HORROR
PRA DE NOVO A NATUREZA E A VIDA SE ABRAÇAR
E SE SALVAR DESSES MONSTROS SÓRDIDOS
QUE NÃO APRENDEM A AMAR
QUE PAPELÃO!
QUE PAPELÃO!

BIOGRAFIA

REGIS D’ ALMEIDA
- Regis D’Almeida, ou Regino Simplício de Almeida, nasceu e vive no bairro Primeiro de Maio, de onde vieram suas raízes. Quando criança ouvia e lia sobre Jesus Cristo, Carlos Drummond de Andrade e Cecília Meireles. Com 15 anos, fez parte do JUB – Jovens Unidos para o Bem - , onde sentiu suas primeiras necessidades para com a poesia. O tempo passou e Regis percebeu que poesia era, como ele mesmo afirma: “A minha pessoa próxima, um coração colorido que faz afastar os outros corações do escuro, se encontrando em várias estradas de cores, criadas por mim e por outras pessoas queridas”.

Sua convivência com a família e o povo pobre da região onde nasceu, muito lhe influenciou como poeta. Por isso seus escritos estão sempre voltados para o social.

O tempo passou e Regis teve alguns reconhecimentos. Ganhou alguns prêmios na escola, chegando a ganhar o título de “Professor do Amor”, pelos colegas. Escreveu seu primeiro livro de poemas “Bordando a Vida”, que por motivos óbvios, ainda permanece inédito.

Nascido em 12 de Março de 1971, Regis D’ Almeida, além de poeta, é músico/compositor, acumulando em seu currículo, algumas premiações em festivais.

Tem gravado o CD \'Garimpo\' com composições próprias e em parceria.

regisdalmeida@gmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s