s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Bianka Luz
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
Prece.
*
Sem o meu Anjo no consigo sentir a poesia em meus poemas.
Resolvi deixar uma prece para que ele volte a habitar-me.
*
Rogo,
Anjo d-me de beber no clice dos teus
venenos, adoa minha boca com teu fel
Prefiro o gosto amargo da dor
Que sentir a dor vazia.
*
Rogo,
Anjo d-me o teu amor como alimento,
purifica-me em verdades ocultas.
Prefiro ser crucificada em vida
Que ter a vida esvada em gotas.
*
Rogo,
Anjo pronuncia apenas uma palavra,
macula-me em tuas mentiras
Prefiro a frieza de tua voz
Que teu olhar, Este distribustes a todos
Mais tua frieza dedicastes apenas a mim.
*
Rogo,
Anjo volte a habitar meu ser
Prefiro sofrer pelo teu amor
Que ser feliz e S!

Bianka Luz
******************************

Desejo II

Desejos insanos entrem a porta esta aberta.
*
Sorverei o fel da madrugada embriagando-me no sonhar acordada.
*
Abandono-me no abismo do meu ser, completamente nua.
*
Agasalha-me um pouco com tua v sanidade preciso sentir a irrealidade.
*
Aprisiono-me na escurido, vejo o orvalho cair na terra seca do meu ser.
*
Nada tenho em mim, seno a dor de querer-te alm do sangrar da alma.

Bianka Luz
******************************

Manto da sanidade

*
Torno-me santa ao sentir o sino, o barulho ensurdecedor.
Escrevo poesia se fico em silncio dentro de mim...
E me torno Poetisa se busco o inefvel em meu ser.
Me salvo do abismo subindo em segredos
dos medos, dos tempos, da eternidade.
Exponho o apocalipse do mundo, do meu mundo.
Sou dona da verdade, estou completa.
Sou a prpria mentira, nada esta completo.
Busco refgio em minha limpidez e uno-me a razo.
Deixo-me ser tocada pela sanidade.
Percebo o caos em mim, submergida em divagaes disperso em ecos longnquos.
Em movimentos irregulares meus pensamentos flutuam no universo paradoxal do indefinido.
Rogo em prece sem f ao inalcanvel e concedo a mim novo respirar.
Recorro ao meu silncio e fao versos...
Regresso e tenho a resposta do inefvel e fao poesias.

Bianka Luz
******************************

biografia:
Bianka Luz

Sou um ser humano coberto de enganos, vivendo na sombra da irrealidade buscando motivos para viver a cada segundo sem medo. Sou faces; serpente, menina e mulher. s vezes me deparo com a realidade, mas, meus olhos fecham-se.
E mais uma vez sou sempre 'Eu' secretamente escondida no abismo do meu ser.

Bianka Luz
******************************

Cearense de Fortaleza Cear radicada numa cidadezinha do interior do Rio de Janeiro Quissam. Estudo cincias sociais, escritora premiada em vrios poemas escritos.

Trabalhos voluntrios: escolas, sala de leitura, filantropia em busca do desenvolvimento e a mudana social.
******** Bianka Luz********

biankaluz@ymail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s