s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Yuri Rodrigues Braz
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

Indecência Lírica

Por entre flores e dores eu naveguei
Engendrando flâmulas na imaginação
Apagadas pelo frio de uma paixão
Nascidas nos lares e ares que visitei.

Mas tu, argênteo seio de porcelana
Rubros lábios de um fogo ardente
Tu és a chama da cama indecente
Versos de prazer que meu corpo declama.

E na cama não há dama mais perfeita
Langorosa rosa de corpo selvagem
Nua compraz-me, descoberta a paisagem
Enrijeço-me ainda na espreita.

És tu estro lírico sem falso pudor
Prelúdio de uma vida de esplendor.

Flor das primaveras

Tanta beleza reluzia
Daqueles olhos que eu tanto quisera
Aquela rosa que docemente me sorria
Transparecia de beleza, no carmim da face dela.

Ah! Maldito e incontrolável coração
Depois de aquele dia
Aquele sorriso que me sorria
Fez da minha mente, minha prisão.

Me deste esperança e receio
Aquela linda rosa me olhando
Flor que respirei, que amei sonhando,
Tem saudade de mim, que eu te pranteio!

Minha pequena, se tu puderas
Sorrir-me um sorriso de salvação
Vem ser a flor das primaveras
Que nascem em meu coração.

Dá vida em teu alento à minha vida,
Não me deixe ser uma lembrança esquecida
Tu que atingiu no meu ser mais profundo
Une nos lábios meus minha alma à tua!
Sob o brilho do teu olhar e o frescor desta lua,
Eu quero ao pé de ti, sentir o mundo.

Mágoa

Por um jardim de flores murchas eu andei
E com minhas lágrimas eu pude regar
Todas as mil dores do meu triste pesar
Todos labores que por amores clamei.

E foi essa triste natureza morta
Que ornamentou da alma toda paisagem
Seca de beleza, triste estiagem
Que meu melancólico peito comporta.

Mágoa, a mãe da dor, também responsável
Por todas cores que assumiu meu jardim
E pela tristeza hoje suportável.

Foram as lágrimas que caíram de mim
Que aguaram rosas de forma amável
Colocando na tristeza um belo fim.

biografia:
Sobre o Autor
Yuri Rodrigues Braz,
nascido em Ceres [Goiás] em novembro de 1986, foi para Anápolis [Goiás] ainda com 6 meses de idade. Com mais de uma centena de poemas escritos e com poemas e contos publicados em 4 livros, já foi publicado em: Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos números 52 e 53, Contos Selecionados de Novos Autores Brasileiros Edição Especial 2009 e \'Os mais belos Poemas de Amor\' Edição 2009.

Nome: Yuri Rodrigues Braz
Blog: http://yurirbraz.blogspot.com/
E-mail:

yurirbraz@gmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s