s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Rabino Mishael Yehud Ben Yisrael
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

Não

Não! Eu jamais vou me esquecer das imagens dos Africanos sendo mortos a tiros, enquanto outros fugiam tentando romper as cercas de arame farpado, rasgando seus corpos nas farpas e depois assassinados a tiros pelos brancos, sem nenhuma chance de se defender.

Não! Eu nunca vou esquecer que desde a mais tenra idade aprendi amar a D´us acima de todas as coisas e ao meu semelhante como a mim mesmo.

Não! Eu não vou deixar de lutar contra aqueles que nasceram de tão abençoado ventre, e que tem proclamado a plenos pulmões que aqueles que não nasceram judeus não passam de mendigos à porta, em busca de um pedaço de pão.

Não! Eu não vou esquecer que todo ser humano é igual perante o Criador, e que estamos no Brasil e te temos livre direito de culto e expressão.

Não! Não vamos esquecer que o amor deve ser estendido a todos sem distinção, sem falsidade, sem segregação étnico-religiosa!

Sim, eu quero iluminar o mundo com o poder do amor e compaixão! Dizendo não à segregação, ao racismo, à discriminação.

Rabino Mishael Yehudá Ben Yisrael

O Justo Entre As Nações

Albert Batel recebeu em 1981, trinta anos após a sua morte, o titulo de “O Justo Entre As Nações”. Ele salvou milhares de judeus da morte, impedindo que eles fossem deportados para Auschwitz Birkenau, para os “Fornos Crematórios”.

Uma árvore foi plantada na \'Yad Vashem\' [Avenida dos Justos] em sua homenagem, e ela cresce lá ainda hoje.

Este é um dos motivos porque devemos lutar contra esta segregação que tem agredido o mundo, perseguido, pessoas de várias etnias e credos.

Milhares de judeus foram salvos do Holocausto por muitos comandantes alemães que eram contrários às idéias de Adolf Hitler, então, como podemos aceitar que pessoas sejam agredidas só porque elas não são diferentes?

DIGA NÃO À SEGREGAÇÃO ÉTINICA-RELIGIOSA, DIGA NÃO À SEGREGAÇÃO! DIGA SIM À VIDA!

Seter

Meu \'Caminho\' é diferente da maioria dos demais \'caminhantes\'. Há anos eu espero te reencontrar, seguindo os \'Sinais\' que são enviados pela sua alma e que meu coração capta ao longo do caminho. Já são \'466 Anos\' a procura de você, meu amor! Por onde andarás? Se estiverdes aqui, por favor, responda-me rápido, antes que minha \'Essência\' se esvaneça, e retorne à sua fonte, pois você é a \'Chama\' que mantém meu corpo saudável. Vamos, apareça meu amor, saia do seu local oculto, e me mostre o brilho dos teus olhos, o mesmo brilho que me trouxe de volta a esta vida, quando em \'1566\' jazia eu nas garras da morte.

Vou chamar-te pelo teu \'Nome\', pois assim, quem sabes me ouvirás? Onde estás minha querida \'Seter\'? Apareça para que meus olhos te contemplem novamente!

A palavra \'Seter\' é de origem \'hebraica\' e significa \'Escondido, Oculto\', é a mesma raiz do nome “ESTHER”.

biografia
Rabino Mishael Yehudá Ben Yisrael


Nascimento
Mishael Yehudá Ben Yisrael [Paulo Sergio Batalini] - São Paulo, Bélem -10 de Junho de 1966, sexta-feira às 15h40m, na maternidade do Belém. Músico multi-instrumentista, roteirista, Qabalista, especialista em criptogia bíblica, primeiro rabino do movimento B´nei Anussim no Brasil.

Vida
Após passar a adolescência como ministro de música e louvor em Igrejas Cristãs, caminho que fora obrigado a seguir, voltou-se de corpo e alma para resgatar suas origens judaicas ancestrais.

Este resgate começou no ano hebreu de 5756 [1996], quando, durante um sonho ele ouviu uma tradicional canção judaica, a qual jamais tivera conhecimento. Iniciou então uma viagem incansável na busca de respostas.

Rav Mishael descobriu que se tratava de parte de uma canção muito conhecida por seus antepassados judeus, o canto “O Ma’Tovu” [entoado em todas as sinagogas do mundo no inicio dos rituais].

Após incansáveis tentativas empreendidas na tentativa de conhecer mais o judaísmo, onde por inúmeras vezes sentiu na pele a força da discriminação e da segregação, conseguiu acesso aos rituais do shabbat [o sábado judeu] em uma sinagoga no bairro do Bom Retiro, em São Paulo.

Trabalho
Em janeiro de 2000 [5759], ele iniciou na cidade de Suzano, São Paulo, a “Primeira Sinagoga do Movimento b´nei anussim”, trazendo de volta à prática judaica dezenas de famílias situadas no dezesseis municípios do Alto Tiete, cujas origens judaicas, haviam se perdido no decorrer dos anos forçadamente em decorrência das muitas perseguições anti-semitas.

No ano de 2002 [5761], recebeu sua ordenação rabínica pela Sinagoga Aron HaBrit [Academia de Cabalá] no Rio de Janeiro. Ainda em 2002, através de uma experiência mística, recebeu revelações sobre as causas do Holocausto e as verdadeiras origens do nazismo de um rabino Qabalista falecido em 1955 [Estas informações seriam usadas na criação de um documentário sobre o Shoá].

Em 2003 [5762], numa única manhã em um ritual conhecido como brit milá [aliança da circuncisão], devolveu ao Pacto de Abraão “onze homens”, todos circuncidados no ritual.

O movimento cresceu, e está ganhando espaço no Estado de São Paulo e em muitos estados do Brasil. Hoje, o Rabino e Qabalista Mishael Yehudá Ben Yisrael, é uma referência no ensino da cabalá judaica cumprindo a profecia dos Qabalistas antigos, de que a “Sabedoria da Cabalá seria ensinada a todas as pessoas no mundo, inclusive crianças na idade de seis anos”. Seu esforço no trabalho de devolver ao judaísmo as pessoas que perderam suas origens judaicas têm se mostrado de suma importância, uma vez que não há discriminação de raça, cor, credo ou posição social. Nas palavras do rabino: “Yisrael [Yashar-El= Reto em D´us] é um estado em potencial para alcançar a iluminação messiânica existente dentro de todo ser humano”. A iluminação messiânica é o estado final do processo de correção espiritual da pessoa”.

Desde de novembro de 2006, o movimento ganhou dimensão nacional sendo preparado também para ajudar na classificação e agregação dos b´nei anussim em todo o mundo, passando a se chamar “Associação Qabalista Judaica Mundial Para A Agregação De Todos Os Povos Através Da Sabedoria Da Cabalá – Gará Kulam Moshav”.

Os B´Nei Anussim
O termo \'B´nei Anussim\' vem do hebraico, sendo \'B´nei\' plural da palavra \'Ben [filho]\' e \'Anussim\' plural da palavra \'Anus [Forçado]\' resultando então em \'Filhos Forçados\' que é uma senteça designada para aqueles judeus que foram \'forçados\' à conversão católica através das muitas \'inquisições\'. Semelhantemente, o termo \'marranos\' que outrora acreditava-se ser do espanhol cujo significado é \'porco\', é na verdade um acróstico hebreu formado pelas palavras \'mar [amargura]\' e \'anus [forçado]\' resultando então em \'Forçados à Amargura\', que é também designado para o tratamento dos milhões de judeus que foram forçados à conversão, tornando-se \'cristãos novos\'. O próprio descobridor do Brasil era um \'anussim\'. Pedro Alvarez Cabral chegou ao Brasil utilizando-se de mapas feitos pelo rabino Qabalista Abraham Zacuto.

Criptologia
O Rabino marranista e Qabalista Mishael, é um especialista em criptologia bíblica há mais de dez anos, tendo conhecido os segredos dos códigos da Bíblia ainda na adolescência, encontrando diversos códigos na Bíblia que se cumpriram, alguns como a reeleição do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que fora publicado em jornal, vindo causar um grande barulho entre os Petistas em todo o País, e que posteriormente constataram a veracidade do código.

Algumas pesquisas realizadas, revelaram códigos surpreendentes, como a \'Queda do Boeing da Gol\', que mostraram ligações maiores do que um simples choque entre aeronaves.

No texto criptografado encontra no Livro de Iº Samuel, escrito no 10º século AEC [Antes da Era Comum], o rabino encontrou até mesmo alguns dos nomes dos passageiros que estavam no vôo 1907 da Gol.

Obras
Amalek - As Origens do Nazismo [Documentário]; Caminhos Místicos - música Instrumental [Cd]; O Qabalista - Roteiro de ficção [Em Produção]; Qédem- Livro Ficção Cientifica.

Livros: Crônicas de Qédem [Ficção Cientifica mesclada com a Sabedoria da Qabaláh] – Publicado pela Seven Systen International:

www.biblioteca24x7.com.br

As Músicas do Rabino:
http://mishaelyehuda.multiply.com/
As Obras Visuais, meditações & documentários do Rabino:
http://br.youtube.com/user/InamaNushif
Os Escritos do Rabino:
http://netivotpeliot.blogspot.com/
Perfil Orkut
http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?uid=7418805284641876345
Recentemente [agosto/21007] Mishael abandonou sua ordenação e títulos rabínicos, para atuar como um “servidor da humanidade”, em razão do qual passou a ser chamado de “Naib – termo empresta do Fremen [língua criada por Frank Herbert, autor de Duna]” e que significa “Aquele que é servil à Tribo”.

Contatos
Mishael Yehudá pode ser contatado pelo email

benyisrael@gmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s