s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Jorge Antnio Vicente
Nacionalidad:
Portugal
E-mail:
Biografia

MONTE MARIPOSA
[a todos os meus amigos da biodanza]

no vale, a dança é a estrela
que brilha no alto do terraço
sob o céu partilhado

as mãos dão-se e a água
vibra como terreno fértil
de um abraço simples

deus olha e sossega a alma
de quem se entrega no
céu do algarve

com a fogueira da culatra
iluminando as palavras de quem
se despe de si

REQUIEM
[ao José Amor e ao Gonçalo B. de Sousa]

se eu morrer
atira-te do alto da paisagem
e procura um barco

não te preocupes com a bruma
ela seguir-te-á e tu olharás para
os seus segredos,

tentarás desvendá-los,
fecharás os olhos e
imaginarás que a tua fronte

estará coberta por uma mesa
de madeira,
com todas as coisas simples

que uma mesa de madeira guarda

ouvirás um grito claro
como se da noite caísse uma voz
imensa

com as árvores a tolher de surpresa
o repasto dos homens e dos bichos

são horas do anjo fechar a porta
e olhar a lareira já mortiça

os homens, esses, oferecem
o último pão do dia
e respondem que vai alta a noite

e que os viandantes são as últimas
estrelas do descampado

abrem a porta da rua e adormecem
com os olhos secos

a candeia vibra com o repouso
das estrelas silentes

assinalando a eternidade do caminho

AOS MEUS AMIGOS

disseram-me que, de manhã,
se ouve o Tejo todo,
e que as pessoas transportam em
si aquela imensidade vasta,
como quem é feito de História
e não sabe porquê
disseram-me que o tempo não
volta ao lugar onde nasceu, e
que os amigos que se perdem são
como o areal à volta da minha casa:
os retalhos, as migalhas, a presença
sempre ausente das águas em
combustão
e a sensação de que sempre foi assim,
com aquelas mesmas pessoas,
com aqueles mesmos rostos,
por dentro da História
e com o Tejo debaixo dos braços

biografia:
Jorge António Vicente
[1974 - ], jovem poeta de 33 anos do Algueirão, desde sempre se interessou por poesia, escrevendo desde os 10 anos de idade. Contudo, foi só em 2002 que se iniciou na publicação de livros através da antologia www.3poetasemleiria.pt, conjuntamente com Constantino Alves e o actor José Gil. Desde então, tem publicado em mais antologias e participa activamente na Lista de Discussão Encontro de Escritas.

Obras:

A] Obras a solo

1] Ascensão do Fogo [2008] pela Edium Editores.

B] Antologias

1] www.3poetasemleiria.pt [2002] pela Editora Escola do Espectador [autores José Gil, Constantino Alves e Don Lackewood, pseudónimo de Jorge Vicente];
2] Antologia de Escritas [2004] pela Editora Encontro de Escritas [organização de José Nascimento Félix];
3] Antologia de Escritas 2 [2005] pela Editora Encontro de Escritas [organização de José Nascimento Félix]
4] A Bic[a] [2005] pela Editora Folheto Edições & Design. Colecção 25 poemas -
Nº XVII [autores José Gil, Constantino Alves e Jorge Vicente];
5] Antologia de Escritas 3 [2006] pela Editora Encontro de Escritas [organização de José Nascimento Félix];
6] Antologia de Escritas 4 [2007] pela Editora Encontro de Escritas [organização de José Félix];
7] Antologia Amantes das Leituras [2007] pela Edium Editores;
8] 10 Rostos da Poesia Lusófona [2007] pela H. P. Comunicação Editora;
9] Antologia de Escritas 5 [2008] pela Editora Encontro de Escritas [organização de José
Félix].
10] 10 Rostos da Poesia Lusófona 2 [2008].

site:
http://jorgevicente.blogspot.com

opoeta1@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s