s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Milton Roza Junior
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
SILNCIO
estranho quando me calo,
me calo frente as derrotas,
me calo frente as humilhaes,
me calo frente os elogios,
me calo frente ao turbilho de emoes.

H xtase ao se calar?
Talvez no, talvez sim,
Ou talvez dentro de mim,
Existe algum querendo falar enfim.

No sexto sentido,
aquele que quando falamos nos sentimos feridos,
talvez por no utiliz-lo ou por no respeit-lo,
que existe o tal silncio.

L no h vibraes,
tambm no h pensamentos ou emoes
placas tectnicas ou furaces
S existe voc e eu
sem intermedirios ou interrupes
s um Deus e um ateu.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

MALCOLM E MARTIN NO GANTOIS
Todo o dia de celebrao,
pois celebrado o presente e o futuro de uma hipcrita igualdade,
onde no passado s se encontrou escravido.

Todo dia dia de cano,
pois quando nos atabaques o terreiro encanta
o povo salta, ora e no cansa
por mais um dia de batalha em dobro e redeno.

Todo dia um dia de ao,
pois o negro visto como uma hiena
tem de posar de leo,
enfrentar meio mundo, talvez multido,
para ter um simples olhar de cidado
para que uma carroa de papelo
vire, talvez, meio po.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A HISTRIA DE PERSFONE rainha dos dois mundos,
por Hades foi elevada,
no inverno era sua mulher,
e na primavera, por adonis, era amada.

Sua me, Demtre, sofria
por ela ter comido a rom avernal,
tornando-a assim parte cu, parte infernal,
metfora do mundo da matria e do espiritual.

Mas como a soma dos dois um,
brilhou guiando heris e heronas
pelas temerosas terras do incomum
do Reino de Hades e Persfone
terra dos muitos e de nenhum.

biografia:
Milton Rosa Junior


yudrj@yahoo.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s