s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Vera Hellena Erhart de Souza Dias [Cnsul - Jardim Leonor-Morumbi-SP]
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

Mais um degrau

Precisamos ter consciência que somos seres em evolução e para tal, existe um desempenho individual de um autoconhecimento.

Quando mergulhamos dentro de nós mesmos, descobrimos que há muito mais em emoções, sensações onde as palavras não conseguem descrever e o convite é experienciar.

É além do ego / mente, subindo degraus que o homem interage com a existência.

É real

No silêncio interior
Despertamos o amor

Um novo caminho
Andamos devagarinho

Onde tudo é novidade
Controlando a ansiedade

Sem excessos ou extremos
Quietos, falando menos

Sensíveis, perceptivos
Nos tornamos mais ativos

Num impulso, a alegria
Em nova sintonia

Onde existe beleza
E muita pureza

Uma outra energia
Que mais parece magia

Isto tudo é real
Em nosso mundo abissal...


Na mudança

O ego / mente quer ser incensado
Assim fica realizado
Pula do futuro ao passado

Quer sempre controlar
Dominar, julgar
Aprisionar, criticar

Aquele que está perto
Isto não é correto
Devemos agir certo

Toda esta inconsciência
Mudamos com prudência
Para outra freqüência

É uma necessidade
Haja com habilidade
Evite a hostilidade

Não queira ficar parada
Esta é a caminhada
Mantendo-se acordada

Qualquer alteração
Causa tensão
É a transformação.

Biografía:
Vera Hellena Erhart de Souza Dias


Nasci em 1946 na cidade de São Paulo - Brasil e me deram o nome de Vera Hellena.

Assim comecei minha trajetória de vida estudando, casando, sendo mãe, mas tudo realmente teve início quando minha filha com 6 anos de idade disse: “ nasci só, viverei só e morrerei só”. Como uma criança tão pequenina pôde falar assim? O que fazer? Como agir? Com quem falar? Perguntas e mais perguntas sem respostas. A psicologia estava nascendo, médicos e educadores nada respondiam e foi assim que mergulhei no mundo dos livros e nunca mais parei.

Descobri grandes mestres orientais como Yogananda, Rimpoche e lentamente fui percebendo um maravilhoso mundo interior que sempre me levava para novos conhecimentos.

Constatei que nunca nada acontece por acaso e através de um sobrinho querido, conheci Osho, um livre pensador que revolucionou o secXX com seus ensinamentos.

Procuro hoje ser uma pessoa em aperfeiçoamento para um mundo melhor.

Assim a vida vai acontecendo, aonde vamos tecendo através dos pensamentos uma rede colorida, com as cores do arco íris, para um novo despertar.

Realmente os artistas, escritores, poetas, são mais perceptivos, conseguindo colocar no papel emoções e sentimentos.

O que fazer para despertar estas potencialidades em nosso próximo?

Aprendi que o homem tem capacidades multidimensionais, mas continuamos vivendo nosso calvário de angustias, dores e sofrimentos.

Segundo psicólogos e esotéricos, devemos colocar nosso ego / mente no seu devido lugar, permitindo que um bem maior, chamado AMOR una e proteja nossa aldeia global chamada Terra.

verahellena13@yahoo.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s