s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Luiz Manoel DE FREITAS
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
PERDO

Ultrapassei meus limites, transcendi,
Extrapolei na linguagem e no pensar,
Fui alm da conta no amar,
Recriminei, gritei, zombei, pra magoar.

Reconheci em ti um novo ser,
Em mim no reconheci ser algum,
Busquei no tempo um nmero um
Das andanas, da beleza e do viver.

Deixei que a vida desse seu parecer,
Que a noite me envolvesse na escurido,
Para encontrar no mais ntimo do meu ser
Um novo dia em total evoluo.

Neguei-me o direito de sentir,
A ti neguei o direito de dizer,
Se teus lamentos um dia no quis ouvir
O meu amor no quisestes reconhecer.

Fui buscar em cada molcula em cada clula
Que compem o arcabouo de minh'alma,
Encontrei entre elas muita clama
A energia que impulsiona o meu viver.

Hoje firme e forte, embora desolado,
Em paz aceito da vida a contradio,
Se no fostes capaz de perdoar,
Serei eu capaz de estender-te a mo.

Fiquei s, mas no me entreguei a solido,
Reagi com toda a fora que h mim,
Encontrei paz, pensando sempre assim:
Quem me magoa merece meu perdo.

RELEMBRANDO

Em breve retorno da memria
Descobri profundos enigmas do passado,
E num rpido mergulho na histria
Revivi momentos inusitados

Num instante louco de impulsividade,
Vivi estgios intensos da loucura,
Contigo me deparei, num segundo de saudade,
Mas acordei de um sonho de tortura.

Arquitetei planos com vontade
De viver uma vida sem temor,
Encontrando em cada palavra, cada verdade,
Um grande sentimento impulsionador.

Assim, penetrei um mundo antes inabitado,
Extraindo a essncia de mensagens majestosas,
Confesso, fiquei imensamente emocionado,
Em descobrir esta fora intensa e poderosa.

Com corpo e alma com tanta vicissitude,
Alimentei corao com muito ardor,
Retornei a vida em plena magnitude,
Em paz, feliz e com muito amor.

NOSSOS LIMITES

impossvel viver no limiar do sentir,
Na vida nsia do sentir prazer,
Na perspectiva de encontrar o amor,
Na constante luta para evitar morrer.

Talvez encontremos todos, um dia, por aqui,
O caminho certo que vivemos a procurar,
Sem precisar esconder, nem sequer fugir,
Estrada a fora de nosso caminhar.

Se s alegria houvesse no viver
No teria o dia sua parte na escurido,
Teramos um permanente alvorecer,
E nem os poetas falariam em solido.

As flores abririam a toda hora,
Teramos cravo, lrio e rosa a brotar,
A terra mida seria aquecida, sem demora,
Favorecendo novas sementes a germinar.

E ns, homens frgeis, ricos de impurezas,
Externaramos o mais ntimo de nosso eu,
Expondo nossos limites, nossas fraquezas,
Apesar de imagem e semelhana do Divino Deus.

biografia:
LUIZ MANOEL DE FREITAS

Nascido em 20 de maio de 1948, em Pirpirituba - Paraba, filho de Manoel Pedro de Freitas e Arlete Macedo de Freitas. Aos [1963]13 deixou sua terra natal para estudar no Seminrio So Francisco em J.Pessoa/PB.
Foi membro da diretoria do grmio estudantile representante de turma nas duas Escolas agrcolas onde concluiu o ensino fundamental e mdio [Colgio Agrcola Vidal de Negreiros em Bananneira/PB-1964/1966 e Colgio Agrcola de Jundia - Macaba - RN - 1967/1970].Prestou exame vestibular para UFRN sendo classificado no 900 lugar, ingressando no curso de Odontologia. Trancou Matricula em 1972 e foi aprovado no vestibular da Faculdade de Educao da Universidade Federal da Bahia, 10 lugar. Concluindo o curso de Licenciatura em Artes, Fez dois anos do curso de Pedagogia na URRN em Mossor/Rn onde foi 190 lugar no vestibular. Retornou ao curso de Odontologia concluindo em 1979 com a medalha de aluno laureado. Assumiu as atividade clnicas em consultrio odontolgico sem abandonar sua vida profissional na Educao e em outras atividades comunitrias. Especializou - se em 1981 em Planejamento do Desenvolvimento Social pela UFCe. Aperfeioando - se Ao Comunitria atravs do Cursos de Desenvolvimento de Comunidades Rurais e Curso de Integrao Institucional realizados na SUDENE - Recife -PE. No Cear foi co-autor do Livro Organizao e Comunidade -Uma Proposta Metodolgica[ monografia].
Professor cincia, de artes, de tcnicas agrcolas, geografia, coordenador de Projetos Sociais, Coordenador de Projeto Piloto de Aplicao de Flor em Escolas de Primeiro Grau. Deixou o magistrio para atuar como planejador, supervisor, avaliador e coordenador de projetos na Fundao CEPA. Aposentando-se como funcionrio pblico no Estado do Rio Grande do Norte, tornou-se ativo integrante de projetos sociais como voluntrio e voltou a sua terra natal.
Atuou em consultrio odontolgico em Natal, Tangar, So Paulo. Pirpirituba.Bananeiras e atualmente em Joo Pessoa.
Foi fundador e primeiro presidente da UNIDENTAL- Cooperativa de Trabalhos Odontolgicos da Grande Natal. Presidiu de 1996 a 1998 a empresa Odontolgica NEWDENT. Fundou e dirigiu o Projeto Reviver na Praia de Pitangui em Extremoz/RN; experincia que trouxe para o municpio de Pirpirituba, onde idealizou e fundou em conjunto com vrios conterrneos a organizao tambm denominada de PROJETO REVIVER. No municpio de Pirpirituba, foi Secretario Municipal de Sade[2002/2005], Presidente dos Conselhos Municipal de Sade e do Direito da Criana Adolescente, Dentista do Sade Bucal/PSF.
Lanou os livros Reviver[ mensagens e poemas] na 170 Bienal de So Paulo em 2002 e Voltando as origens - Pirpirituba em 2003 - parceria com a escritora Sheyla Maria Ramalho Batista, participou de Coletneas publicada pela Editora Scortecci/SP, e est mais quatro obras em fase final: Pirpirituba - O ano dos 50 anos, Crnicas de Uma Experincia Crnica, Vida... aos pedaos e Cartas e mensagens [no] Enviadas.
Luiz Manoel de Freitas, aos 55 anos[ 20/05/1948] dos quais 35 vividos em Natal/RN um amante da natureza, romntico inveterado, bomio com farta imaginao, pessoa de temperamento irrequieto, chegando a irreverncia, resolveu ordenar os escritos da adolescncia, da juventude e de sua maturidade e o que era apenas uma brincadeira[robe], virou uma inteno. Ser poeta? Ou pr pra fora os sentimentos atravs da linguagem potica? Rotulado ou no de Poeta ou de escritor, Luiz Manoel de Freitas brinca com as palavras, fala do amor ou das raivas com a mesma carga de emoo, o que levou seu primeiro livro a ser adaptado pelo roteirista natalense, Alexandre Bencio, para uma pea teatral, onde seus poemas, infiltrados nas msicas e virce versa, ou musicados pr Srgio Mariano parecem conjugar em todos os versos e em cada melodia os verbos sentir, viver, amar. Mesmo sem inteno suas obras so biografias, no descritiva na seqncia do nascer, crescer morrer, mas na exposio dos seus sentimentos, nas mais diversas fases de sua vida.
A sua efervescncia mental contribui, sem sombra de dvidas, para sua produo literria e hoje nos presenteia com o seu Vastas Emoes seu primeiro livro como membro titular da Sociedade Brasileira de Dentistas Escritores . Neste livro a Paixo o tema central.

luizmfreitas@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s