s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Dadier Sarez Larrosa
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

Pecado
Dadier Súarez Larrosa

Quero morder minhas mãos
como mordendo pecado
hei de morder minhas mãos
até que o sangue derrame
porque pequei
e gostei
tanto do próprio pecado
que nem eu mesmo consigo
arrepender minha alma
nem por castigo
sagrado
será...
que é mesmo
pecado
amar
com tanta loucura?


Amizade entre gerações
Dadier Súarez Larrosa

Medindo
a curva do horizonte
nas idades
e a profundeza do coração
na amizade

Medindo
por toneladas de fragrância
os quilômetros
de distância
que calibram nossas vidas

Gerações que se juntam
sem idade
linhas paralelas
vão no tempo
sem atrito
e se abraçam
no infinito

Consciência Cósmica
Dadier Súarez Larrosa

Luz repentina
bateu súbito
sangrando minhas pupilas
queimando a foto
mo meu rosto estarrecido
Moeda de presente,
de ontem, de hoje.

Luz repentina
curvada pelo espaço
de tempos vertiginosos
vindos da estrela
que morrera
que explodira
muito antes
de que o próprio livro
dos tempos
abrira suas páginas
seculares
milenares
prenhados de espaços
vazios
de montanhas fóricas
acabrunhadas de anos luz

Batem rigorosas
na minha
memória cósmica
lembranças doloridas
de quando eu mesmo
descalço e nu
fui pó de estrela
longínqua

Aspiração de ser
lembranças do futuro
anseio, tendência
anteprojeto de chegar a ser
a outra cara
dos espaços siderais
curvando estranhamente
tempos vindouros
coalhando-se
em jatos vítreos
de matéria:
cosmogênese!
já prenhada
por impulso
ordenadores
geradores
do processo
mais fantástico
antropogênese!

Se ergueu
caminhou
e ousado
devolveu aos céus
a flecha afiada
do seu intelecto
sonhou, criou
atração carnal
amor ao fim.

E agora?
E agora?

Dragões
estarrecedores
com línguas de fogo
apocalíptico
orvalhadas sujas
Por alvoradas sucessivas
de poluição e miséria
ameaçante
no devir dos tempos
desesperados
centúria
predadora
devorando
milhares de anos luz


Biografia:
Dadier Súarez Larrosa
nasceu no uruguai. Formou-se professor em Montevidéu e professor a vida inteira. Radicou-se no Brasil em Porto Alegre onde passou a integrar a Casa do Poeta Riograndense. trabalhou como professor de Espanhol em cursos pré-universitário em Porto Alegre,
Novo Hamburgo e caxias do Sul. elaborava os livros para as aulas com temas, músicas e poemas.


altairsoares@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s