s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Rogrio Salgado
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

8 de março

Mulheres são tantas
Martas, Margaretes, Margaridas
Micheles e Rosas...

Mas o que faz a diferença
é que façamos a diferença

pois é fato que Marias e Raimundas
em seus universos, ainda sentem-se
livres para olhar com um maior olhar
de uma visão alforriada, e não arroxeada
um mundo melhor nosso, delas e de todos nós.

É preciso que nos libertemos
e que saiamos do limbo que amputa a vida
deste escravismo capataz
e que tenhamos coragem de encarar
o mesquinho pré-conceito que acompanha
essa evolução que nunca evolui.

Que se rompam as correntes
e que os aventais não sejam expostos ao sol
numa humilhação incomum
é preciso nos descobrirmos iguais
sem véus, com céus
para que a vida, definitivamente
não seja um inferno.

[Parceria com Virgilene Araújo]

Metrópoles II

Somos tão sozinhos
nesta Capital
que habita em nossos corações
uma ilha

uns não admitem

mas a vida é feita
de s e foras
de metáforas

por isso
quando o calo dói
pisamos bem devagar
nessas calçadas
conosco mesmo
sozinhos.

[Parceria com Virgilene Araújo]

Mentiras

Acredito em tudo
e não acredito em nada.
Sei que tudo existe
assim como sei
que nada é real:
mente quem diz tudo saber.

- Viver depende de circunstâncias!

[Parceria com Virgilene Araújo

biografia:

Rogério Salgado
nasceu em Campos dos Goytacazes[RJ]. Passou sua infância e parte da adolescência vendo com freqüência, sua mãe, a pianista Glória Salgado, tocar piano. Aos sete anos, seu pai veio a falecer, deixando-lhe de herança, uma grande biblioteca. Em 1974 participou do Teatro Escola de Cultura Dramática, onde descobriu a arte. Em 1975 começou a escrever poesia. Participou de muitos festivais de música em sua terra natal. Em 1979 criou com os poetas Fernando Leite Fernandes, Guilherme Fernandes e Anthony Garotinho [este último, atual político de renome nacional] o Grupo Abertura de Artes e Estudos, escrevendo a peça teatral Retorno a 200 metros, em parceria com eles.
Em 1980, com a morte da mãe, mudou-se para Belo Horizonte/MG. Em 1983 criou com Ecivaldo John e Virgínia Reis, a revista Arte Quintal, um dos mais importantes veículos culturais da época.
Em 1993 criou o projeto In/Sacando a Poesia, que consistia em colocar poemas dentro de saquinhos de embalar pães nas padarias, recebendo pelo projeto, o Prêmio Capital Nacional-Categoria Poesia, em Aracaju/SE, em 1998.
Em 1994 teve um conto de sua autoria, adaptado para o extinto programa Você Decide, da Rede Globo de Televisão.
Em 2000 foi editor e orientador de pesquisa do livro Uai Poético Pesquisando as Raízes e Veias Poéticas, de Virgilene Araújo, uma das maiores reuniões de poetas atuantes na capital mineira. Neste mesmo ano, criou com Wal Souza e outros poetas, o Sarau da Lagoa do Nado, dando inicio a efervescência poética que iria crescer nos próximos anos na capital mineira.
Em 2005 realizou com Virgilene Araújo, o 1o Belô Poético - Encontro Nacional de Poesia, evento este que reuniu em Belo Horizonte, poetas de diversos estados do país, dando seqüência anualmente com este importante evento para a poesia brasileira. Também com Virgilene Araújo, idealizou e concebeu o projeto Poesia na Praça Sete, em Belo Horizonte/MG, entre os meses de novembro de 2006 a janeiro de 2007, projeto esse realizado com os benefícios da Lei Municipal de Incentivo a Cultura de Belo Horizonte.
Figura em muitas antologias, entre elas: A Poesia Mineira no Século XX [Imago Editora-1999], organizado por Assis Brasil.
Em 32 anos de carreira poética, publicou mais de 20 livros.

poetarogeriosalgado@yahoo.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s