s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Fernando Barbosa e Silva
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
HeY MeNiNa

Hey menina
diga ai
o que que eu vou fazer
se aqui voc no est

Quem sabe sair por ai
nessa noite de lua cheia a vagar
quem sabe as estrelas
vo me guiar at voc

Ir a uma festa nem pensar
sei que quando l chegar no
vou te encontrar
se ligo a TV
l tambm voc no esta
nem a nossa cano na rdio favela vai tocar
Se vou para o teatro fotografar
no palco procuro por voc
e l tambm voc no est

Segunda quarta e sexta
voc vai estudar
ento o jeito esperar
na madrugada
voc na internet entrar

Agora voc vem me perguntar
se prefiro a tera ou a quinta
sbado at tarde voc vai trabalhar
e no domingo claro
voc s pensar em descansar

Durante o dia
quando vou te telefonar
seu telefone esta sempre a te ocupar
e at naquela porra do celular
mensagens tenho que gravar

Hey menina
diga ai
o que que eu vou fazer
se aqui voc no esta

Mas de vez em quando
que felicidade
a gente e se v
l na cidade

Me lembro bem
aquela noite de vero
voc cabelo ao vento
e em frente ao Othon Palace
voc me deu a mo
e na av. Afonso Pena com Bahia
a gente se beijou em plena contra mo
silenciando os automveis
e as motocicletas
sua presena al entrou
pelos 7 buracos da minha cabea
hey baby como foi bom, como foi bom

Durante a madrugada
quando penso em dormir
sei que a insnia no vai deixar
o que me resta ento
olhar aquela foto na parede
e quem sabe com voc sonhar

Se recordar viver
sempre vou querer lembrar voc
essa no a ultima cano
que eu fao para voc
vou cant-la seja onde for
para nunca esquecer do nosso amor

Esse meigo brilho
que teus olhos tem
di muito mas me causa bem
e midos os meus olhos
para sempre querem ver voc

Hey menina
dia a
o que eu vou fazer
se aqui voc no esta

Esse meigo brilho
que teus olhos tem
di muito mas me causa bem
midos os meus olhos
para sempre querem ver voc.

- Fernando Barbosa e Silva -

CaMa dE PaPeL

C ADA VEZ QUE
A L DEITAVA, SENTIA
M EDO QUE NO DIA SEGUINTE
A S DORES AUMENTASSEM AINDA MAIS.
D E UM LADO PARA O OUTRO ROLAVA NA
E SPERANA QUE AQUELE MONTE DE
P APEIS JORNAIS,
A QUECESSEM MEUS
P S, ESFRIASSEM MINHA CABEA E
E LEVASSEM MEU ASTRAL. ISSO PARA NO FICAR
L OUCO. CADA VEZ MAIS LOUCO.

- Fernando Barbosa e Silva -

PoR VoC

PrEcIsO Me CoNtEr
EsToU CoNtiDo
Sei De TuDo
SiNtO TuDo
NO adinTa uM NO
DiAnTe dO SiM
Um SiM pElO mEnOs
PoR VoC!

- Fernando Barbosa e Silva -

biografia:

Fernando Barbosa e Silva
por ele mesmo.

De famlia do interior de Minas Gerais, precisamente Itabira, tive o privilgio de ser gerado com amor , por uma grande me, e nascido num Belo Horizonte para apreciar.

Sob o signo de capricrnio, primeiro decanato de janeiro, nasci - a data pouco importa . O que conta que parece que j estou aqui h alguns milhares de anos - procurando a cada dia o aperfeioamento para o bem viver, o bem estar, aliado ao prazer de ser til e poder servir.

Do bero que no era de ouro, vem a grande herana que at hoje procuro administrar com sabedoria - uma boa educao - embora, s vezes sou colocado prova. So nesses momentos que realmente crescemos do ponto de vista evolutivo.

Profissional da fotografia, utilizo-a tambm como instrumento de crescimento interno e foi num desses clicks que me encontrei - encontrando tambm com a prpria natureza - de onde ento brotou a inspirao para escrever em fotos, contos, versos e prosa minha trajetria pelos caminho
da cultura .

Fernando Barbosa

espacoculturalcasadofernando@yahoo.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s