s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Mrcia Sanchez Luz [Cnsul - Araras-SP]
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

MELODIA

Não há que negar
Nossas diferenças
Posto que existem
O claro e o escuro
Na mais densa mata
De todos os palcos
Desta melodia
Cujo nome é vida!
Transportada em redes
De luares rentes
Pois que a ti concedem
O clarão da alma
Da mais pura calma
Concebida em noites
De total silêncio
Onde a dor acaba
E o furor transcende
Transpassando a mente
Doce e saborosa
Pois que vicejante
Em tua fala quente
Que atordoa e mente!
Faz-se soberana
Como em ti emana
A presença humana...
Mãos que se entrelaçam
Entregando espaços
Antes tão restritos
A ínfimos laços!

© Márcia Sanchez Luz
[Do livro \'No Verde dos Teus Olhos\' - Editora Protexto, PR, 2007]


Contradança

Sou feito a bailarina que descansa,
entregue após a valsa que entristece
e que a faz, sorrateira em esperanças,
refrear o desejo que emudece.

Tão pouco sei de mim e de você!
[Do riso pulsa a veia latejante]
O espelho em que me vejo é tão clichê!
Reflete até o espaço itinerante!

Assim, quando acordar da contradança,
aguardarei o olhar que me envaidece
e que me faz corar e me enternece.

E entardecendo a dor que não fenece
meus olhos, de cansaço, vão se unir.
À espera, movimento não padece.

© Márcia Sanchez Luz

Seixos Transparentes

De tanto amor e dor que a ti concedo
meu corpo de minha alma se liberta.
O amor não tem remorsos nem avessos
A dor, porém, fulmina e não me alerta.

É sôfrega a palavra que me invade
em trajes tão secretos e prementes!
Melhor seria a dor em seu contraste
vertendo a seiva em seixos transparentes.

Viver em ti não pode ser promessa
de noite entristecida alvorecer
e nem apaga a dor que em mim professa.

Assim transcendo a busca que não cessa
e a brisa flamejante vem trazer
o aroma do pulsar que me interessa.

© Márcia Sanchez Luz

biografia:
Márcia Sanchez Luz

Natural de São Paulo, capital, escreve poesias desde os nove anos de idade, sempre se mantendo, por opção, no anonimato. Em novembro de 2006 decidiu que chegara a hora de partilhar relatos de suas vivências, até então interiorizadas.

É escritora, poeta, tradutora e professora de inglês e francês.

Participa da Antologia \'Saciedade dos Poetas Vivos\' digital, volume 4, em Blocos Online, onde tem suas páginas individuais de poesia e prosa.

É Membro Efetivo da AVSPE Efigênia Coutinho.

Seu livro \'No Verde dos Teus Olhos\' foi publicado, em novembro de 2007, pela Editora Protexto, PR.

Parte de sua obra também pode ser encontrada no Jornal de Poesia, assim como em seus blogs, onde divulga não só seus poemas, como também os de outros escritores.

http://www.marciasl2001.blogspot.com

http://www.poemasdemarciasanchezluz.blogspot.com

http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia/saciedadig/04/antologiavirtual/marsluz01.php

http://www.avspe.eti.br/poetas1/marcia.htm

marciasl2001@yahoo.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s