s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Lucia Constantino
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
ESPUMAS D'ALMA

Talvez as guas no cessem to cedo.
Entre as lupas e os segredos,
a noite faz seus mistrios.

Se algum chora na penumbra,
sua branca espuma d'alma
adentra a sala,
poderosa e dolorosa,
mas
quem ouve suas falas?

Ave noturna, ocenica,
minhas asas embaadas
pelo rosa-luz da solido.
Sem azul do cu, sem mar,
sem porto,
nos silncios, voando
sem existir
mais o meu rosto,
a no ser o do corao.

LUZ

Essa luz todo um mundo,
uma presena fonte de luar.
Raios que duram s segundos
mas a eternidade num olhar.

No doce trio por onde entra
essa luz sbia das manhs,
num quarto de sol, em amor alenta
um sonho bblico de roms.

Nas cortinas alvas desenha cus
quando o vento sopra sinais de Deus
de que se nutre o corao.

E nas ureas rendas do anoitecer
essa luz ascende e vai verter
sobre o poema sua imensido.

SOPRO DE VIDA

Um divino vento quem sabe vem trazendo
ptalas azuis pelo ar dos meus caminhos,
e em brandos braos, talvez venha formando
um molde do mais sagrado ninho.

So tantos poentes na alma, extasiados,
quando ascendo meu olhar ao horizonte
onde, em amor e dor, um anjo bem amado
constri em luz de estrela sua ponte.

E a noite vem chegando em eflvio, encanto,
e j os silncios se abandonam pelos cantos
do meu corao que no sabe mais dormir.

E s num olhar os cus, noite, na saudade,
fao dessa luz meu sopro de eternidade
e assim posso respirar, e assim volto a sorrir.

biografia:
Lucia Constantino

Nascida em Curitiba, professora, tradutora. Um livro publicado: 'Asas ao Anoitecer' sob o incentivo da Fundao Cultural de Curitiba e da empresa Electrolux.

luciasq@ig.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s
s