s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Aparecida de Ftima Souza
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

Empréstimo

A vida me emprestou...
O viver!
Para que eu possa
Me entender...
Me misturar...
Compreender...
E perdoar!
A vida me emprestou...
O viver!
Para sentir o sabor
Me alimentar...
Saborear...
E gostar!
A vida me emprestou...
O viver!
Para ver a cor...
De todas as flores
Apreciar as abelhas sugar
Seu néctar!
A vida me emprestou...
O viver!
Para olhar
O mar...
Velejar...
Sentir o vento...
Molhar o corpo...
E pescar!
A vida me emprestou...
O viver!
Para ver a terra úmida...
Molhada pela chuva...
Em que se plantando...
Tudo dá
E ao colher sentir prazer!
A vida me deu...
O viver!
Quero sentir...
Quero ter...
Preciso crer...
Sem nenhuma dor...
Que ainda vou viver...
E ver,
Este Mundo Melhorar...
Antes de morrer!

Cida Fátima

SER SUPREMO

A relva macia, os animais rasteiros...
Flores silvestres...
A mata que abriga, a fauna e a flora...
A flor que se transforma em fruto...
O predador que equilibra toda natureza!
O animal que aprende de geração em geração,
a se defender do seu inimigo, até pelo som que emite.
A concepção, a gravidez, o ser que nasce...
Se transforma em adulto!
E assim continua o ciclo da evolução.
O corpo com seu mecanismo perfeito...
Um órgão depende do outro para funcionar!
O céu, a lua, o mar, os planetas as estrelas...
Só há uma explicação para tudo isso!
DEUS, O SER SUPREMO, criador do céu e da terra!
É como o AMOR quando se sente
A prova está em todo lugar...
Por mais que se tente!
A sua existência não consegue negar!

Cida Fátima

VIDA

Quanta luz quanta alegria!
Gotas brilhantes caindo sobre nós.
Quanta paz, quanta magia!
Vejo que não estamos sós.

Árvores frondosas
Quanto verde, quantas flores!
Vegetação rasteira;
Quantas cores!
Uma borboleta formosa
A voar pela clareira.

Caindo do penhasco,
Uma cachoeira majestosa
Rasgando o chão.
Com suas águas luminosas
Embrenhado pelo sertão.

Olhando de cima o entardecer
Uma montanha altaneira!
Ao longe uma estrela matreira
Anunciando o anoitecer!

CIDA FATIMA

Biografía:
Aparecida de Fátima Souza
,nascida em 10/12/1953
Brasileira, Mineira da cidade Caeté.
Viúva, tres Filhos quatro Netos.
Residência em Manhuaçu Minas Gerais,
Artista plastica, Poetisa, Monitora em creches.
Assino meus poemas como: Cida Fátima.
Possuo uma comunidade no orkut: Vem Comigo: Voar!
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=25653665
Onde posto todas poesias que escrevo.
Algumas estão no site Meu Castelo de Sonhos:
http://www.meucastelodesonhos.net/poesiasdosamigos/meucastelo.poesias.dos.amigos.htm
E também no Recanto das Letras: http://recantodasletras.uol.com.br/visualizar.php?idt=471166
Já fiquei em segundo lugar, em um concurso com a poesia por título: *Perdão*
que se encontra postada em minha comunidade no orkut:
http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=25653665&tid=2506756094690943195&na=3&nst=21&nid=

Meu email: cidafatima@gmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s