s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Zelma FURTADO
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

Nísia Floresta

Teus olhos, nas fotos, me olham,
longamente, carinhosamente.
Dentro deles eu leio a inquietude de tua alma
que eu tanto compreendo presa, ainda,
depois de tanto tempo
às injúrias e injustiças que sofreste
e que o tempo,
impiedoso e implacável não apagou.
Teus olhos me olham e me fascinam
e eu vejo neles
um desejo incontido de justiça.
Meu pai disse-me, um certo dia,
que eu tinha ávidas mãos
que lutam para vencer...
Faz das minhas mãos as tuas,
quem sabe,
elas consigam fazer-te compreender...

Sou Eu

Sou eu quem escreve
O teu nome junto ao meu
Na vidraça, quando embaçada
Pelo orvalho da noite
Sou eu a gata parda
Que te vem cheia de manha
De artimanha,
E te arranha e te ganha
Sou eu a aranha
Que tece teia na tua entranha
Sou eu quem te descansa
No colo
Sou eu quem te adora
E quem por amor te implora
Sou eu que os teus gigantes
Engulo
Sou eu quem te atura
Sou eu quem te abraça
Quem te enlaça e te embaraça
Sou eu quem te caça
E te atiça, mestiço!
Sou eu a musa
Que te inspira
Sou o suor que transpiras
E o oxigênio que respiras
E que necessitas para viver
Sou eu de origem profunda
Em teu ser
Sou eu o teu
Inverno, verão, outono
E primavera multicoloridos
E cheios de chuva
De sol, de frutos e flores
Sou a fruta
Da qual te alimentas com desejo
Fruta verde, fruta ácida
Que às vezes te corta a língua
E te ofende por dentro
Mas, sou muito mais que isto:
Sou tua companheira
De todas as horas
Osso dos teus ossos
Carne da tua carne
Sou eu: tua mulher.

Amo

Eu amo.
Amo tua boca de uva
E o teu rosto.
Amo tua gargalhada cheia de gosto
E os teus olhos de sol-posto.
Amo as nuvens dum céu de agosto
E o teu beijo
Quando me beijas com gosto.
Eu amo.
Amo tua força, certeza
E fragilidade
E o teu egoísmo de me querer
Só para ti.
Amo o teu vício de mim.
Eu amo.
Amo os silêncios
E mistérios de que és feito
E a tua timidez
Quando coras até as orelhas.
Eu Amo.
Amo a tua estatura mediana
E a tua maneira de se vestir bem.
Amo este sinal
Que tens junto à boca
Como amo também
Tuas rugas nos cantos dos olhos
Eu amo.
Amo mais que tudo isso
Amo os livros que lês
Os filmes que vês
Os amigos que gostas.
Amo tudo.
Tudinho de você...

biografia:
ZELMA BEZERRA FURTADO

Pedagoga graduada pela UFRN. Integra a Equipe Central da Secretaria de Educação de Natal. Fundadora e Presidenta da AFLRN-Academia Feminina de Letras do RN; Fundadora e Diretora do Memorial da Mulher Potiguar. Poeta; genealogista; biógrafa; pesquisadora; escritora. Livros publicados: No Ritmo da Chuva, poesia, 1980 [prefácio do Mestre Câmara Cascudo]; Depois da Chuva, poesias, 1983 [prefácio do acadêmico Alvamar Furtado de Mendonça]. Filha do Dr. Lourival Bezerra idealizador das primeiras Clínicas Odontológicas Populares que manteve com recursos próprios por quase 02 décadas em bairros periféricos de Natal, exercendo as profissões Farmacêutico-Bioquímico; Cirurgião Dentista; Vereador.

igoragito@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s