s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Mara Paula
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
CHORO PELA PAZ

Um soldado quando vai para guerra
d a sua prpria vida pelo seu pas.
Eu dou a minha vida pela paz mundial.

As mes choram pelos filhos
que na guerra morreram.
Eu choro pelos inocentes que a vida perderam.

No quero ser uma herona
s quero o amor, a paz, a unio,
mais harmonia e compreenso.

Vamos em orao
rezar para todas as naes,
pedindo a Deus o bom pai
vida, sade e paz.

A poesia

A poesia no fico,
Ela nasce da alma,
Invade e fixa no corao.

A poesia vida, a virtude suprema.
Pode ser romntica, dolorosa ou serena,
Mas no deixa de ser um lindo poema.

A poesia exprime a paz, a dor ou amor,
Seja l qual for sempre ter um ator,
E o nobre poeta ser o narrador.

Vida cruel

A minha alma sofre,
Nesse mundo cruel,
Onde a dor mais forte,
Quando o amor infiel.

Choro a m sorte,
De ter cado do cu,
E provar desse clice,
Com gosto de fel.

Provaria o dissabor da morte,
Para no provar o dissabor do amor.
Faltam-me a alma, a vida e a calma.
Como suportar a dor?

Vida, vida cruel.
A esse mundo no perteno,
Mas nesse mundo permaneo,
Sem alma, sem vida e sem calma.

biografia:

Maria Paula


mariabpaula@terra.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s