s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Luciana Carla Thera
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
Meu Retrato

Deseja me conhecer?
Eu ando sobre a lua!...
Meu vestido esvoaante modela o meu corpo;
O vento brinca com os meus cabelos,
cobrindo e descobrindo a minha face.
O meu corao ofegante,
pelo ritmo intenso que a minha alma possui...
Sabe! Quase ningum tem o meu ritmo, ou,
fora suficiente para super-lo.
Meu esprito forte! Sempre permaneo de p,
mesmo quando desabo.
Sempre tento estar presente,
quando precisam de ajuda...
Eu sou teimosa, no sou um anjo!
Mas, s vezes, posso usar asas!
Sempre observo o horizonte e tudo que me rodeia.
Inspiro e expiro, com um nico compasso, o da vida.
Sorrio! Eu no gosto de chorar; Faz eu me sentir fraca...
Sei que eu no posso ter tudo o que desejo;
Ento eu conquisto!
Mas no se engane!
Eu tenho os ps calados para pisar em terra firme
ou em areia movedia; Quem sabe!
As palavras so a certeza de quem eu sou.
Consigo construir castelos com uma frase;
Mas tambm,
posso destruir um reino com uma nica palavra.
Eu no sou um conto de fadas!... Sou real!...
Portanto, no meu retrato,
algumas palavras so apenas inveno;
Mas a inteno certa!
Eu quero o mundo... Amigos...
E um nico amor! O seu!
Ento, escolha o que vai me doar:
um pedacinho do seu mundo... A sua amizade...
Ou o seu corao...

Luciana Carla Thera
Poetiza da Sociedade dos Poetas Vivos e Afins/RN SPVA


O Amor

Ele chega devagar!
s vezes, com um simples olhar;
Derruba as muralhas, devasta a razo;
Tudo fica sem sentido, no h direo.

Ele chega voraz;
s vezes, com um simples ato fugaz;
Desmorona a vida, distorce o existir;
Tudo perde e no existe, nem mesmo o sentir.

Como se defender
Se no pode viver?
Mas pode sentir
E quem sabe, existir!

Luciana Carla Thera
Poetiza da Sociedade dos Poetas Vivos e Afins/RN SPVA


Voc tudo o que existe!

Eu consigo ver cada estrela que colore o meu cu!
Meu rosto enfeitiado, com sorrisos e melodias;
Traz a resposta que o sol me deixou.
Tantos sonhos, tantas dias na minha frente!
S voc me conduz ao princpio da perdio!
Leva ao lugar mais inspito, a minha vida e a minha razo; Tornando a mim, algo sem escolha!
Voc tudo o que consigo alcanar!
Meus olhos vendados conduzem o meu corao
a uma nica direo;
No h desvios e tambm no existe parada;
Voc tudo o que existe!
Sempre, antes e agora!
Sem medo ou indeciso;
Voc tudo de concreto, que eu consigo chamar de meu!
Meu amigo, meu anjo,
meu ensinamento dirio de mim mesma!
Voc! sempre voc!

Dedicado ao meu pai, uma das pessoas mais maravilhosas que eu tenho o prazer de conviver.

Luciana Carla Thera
Poetiza da Sociedade dos Poetas Vivos e Afins/RN SPVA


BIBLIOGRFIA
Luciana Carla Costa da Silva
, conhecida como LUCIANA CARLA THERA. Nascida em Natal/RN em 19 de maio de 1976, de famlia simples, de pai comercirio e de uma dona de casa.
Sempre gostou de escrever em seus vrios cadernos, guardados a sete chaves, at o ano de 2005, quando fazia o curso de Tcnica em Agropecuria na EAJ [Escola Agrcola de Jundia/UFRN-Macaba/RN]. E com todo o incentivo de seus amigos e de um anjo, conhecido como Eduardo [professor de Portugus da instituio], os poemas saram dos valiosos cadernos e esto ganhando o mundo.

lucianathera@yahoo.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s