s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Sandra Almeida [1: Cnsul - Estado de Rondonia-BR ]
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
Amor Ousado
Chegou madrugada
nossa cama amassada.
Corpo suado,cansado
amor ousado.

L fora cotidiano,
nos espreitando.
Mais uma aurora,
mas l fora.

Voltamos a nos procurar,
como a abelha busca o nctar da flor.
Com sofreguido e calor,
buscamos a ltima gota de amor.

Somos assim,amantes de botequim
relembra velhos pasquim.
Dia sim,noite sim
madrugada sem fim.
sandrah

Soneto das Mos

As mos enlaam,se abraam,
falam,calam e escancaram.
s vezes gritam, ansiosas,
embaraam , ficam curiosas!?

Buscam amizade,verdade,
iludem-se,sentem saudade.
Desenham sentimentos,mistrio!
Desatinam e saem do srio...

Reacendem paixes,com carinho,
caminham paciente ao ninho.
Insistem e aproximam em silncio!

Fazem tudo que desejam,sutilmente,
suavidade,desejos,de repente!
Mos devoradoras,invadem!

Ah!Essas mos...minhas mos!

Sandrah

Ser Poeta

O poeta nasce de sonhos adormecidos,
amores interrompidos,decepes.
De dores,lamentos e alguns sofrimentos,
dessa eterna arte de viver e transformar.

O poeta nasce numa esquina qualquer
colorindo a vida da cor que lhe convm.
Reiventando histrias enfeitadas de sonhos,
invertendo pginas do passado surrado.

O poeta nasce do bem querer latente,
mesmo numa alma doente e descrente.
Assoviando numa folha palavras adocicadas,
fazendo do amor um lindo buqu de flor.

O poeta nasce na melodia do amanhecer,
mesmo num dia cinzento e escuro.
Transforma tudo claro em coloridas flores,
viaja e arranca da alma puros sentimentos.

O poeta navega no infinito em sonhos,
alcana estrelas,adormece na cauda de um co$3>$3>.
Arremessa todas incertezas ao vento cantarolando,
numa cano revoluciona a existncia sombria.

O poeta faz da mentira uma grande verdade!

Sandrah

biografia:

Sandra A. Almeida
,paranaense de Jandaia do Sul. Ativista de movimentos Sociais e estudantis nas dcadas de 70 e 80.Publicaes em vrios sites.Em 2007 poemas em 03 Antologias poticas,e preparando o solo pata ser lanado em 2008.Colunista do Jornal O Rebate com o objetivo de colaborar no desabrochar de muitos talentos desconhecidos.Gegrafa. Atua no ensino pblico e privado 27 ,parte no Paran e Rondnia, autora de alguns projetos educacionais relacionados questes ambientais e culturais dos povos indgenas da regio Norte. A escrita nasceu de forma inesperada dando-me o sabor de renascer, pois na poesia eu me desnudo e sou feliz!.

sandralmeida2006@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s