s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Marsia Vieira
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

O DESPERTAR DE UM SONHO

Meu Deus! Não sei porque a noite é fria.
Não sei pensar ou dizer o que sinto
Nem sei se é verdade ou se minto,
Vendo meu sonho vivo neste dia.
Sonhei!Sonhei com grande alegria
Que transformava nuvens em \'Pintura\'.
Como Da Vinci, eu, pobre criatura,
Pintaria, chegaria a pintar um dia.
Mas não foi só com Pintura que sonhei,
De Chopin, com a Música divina!
Mas a sorte no caminho adormeceu.
Leonardo e Chopin procurarei.
Vou pela vida, alegre peregrina,
Acordar este sonho que ainda é meu!

ANTÍTESE

A planta que reverdeceu
E esperançada se sentiu
É a amizade que morreu
É um grande bem que nos fugiu.
Chuva que cai momentânea
Vem o sol e a evapora
Uma amizade espontânea
Por um nada vai embora.
Duas almas se conhecem
Dois corações enriquecem
Pois amizade, ao amor rodeia.
Mas o sentimento nobre
Pode tornar-se tão pobre
E, quem amava - hoje odeia.

TUDO É...ar!

À beira-mar, nas nuvens ou no ar a suspirar em noite de luar...
A esperar para encontrar em algum lugar aquele olhar...
a procurar para abraçar e relembrar o suspirar
visto brotar ao conjugar o verbo amar...
Lembrança desfolhar, rosa vermelha a perfumar o ar.
Sensação a alarmar, flor desabrochar, chuva a chorar...
Bom, é sonhar! Ou despertar e encontrar aquele olhar
A suspirar, a desejar e, sem cansar, beijar, abraçar, amar!...

biografia:

\'Marísia Vieira
- Médica, professora, artista plástica, poetisa pelotense. Livros publicados: \'Poeiras de Pensamento\' e \'Páginas Douradas\'.. Sócia fundadora do Centro Literário Pelotense

marisiavieira@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s