s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Adriana Corra Mallet
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

O tempo
Adriana Corrêa Mallet

Me aprisiona
Recorto cenas que vivi com você
Espero
Seu amor me preenche
A saudade me enlouquece
O tempo não passa
Ouço o som da sua voz
Em meu coração
A sussurrar
Promessas
Apostei tudo que tenho
Em nós dois
Nesse novo amor
Que se fortalece na distância
O tempo não conseguiu
Apagar nossa história
Que segue
Escrita com letras de ouro
Nas páginas de nossas vida
Segredos tão nossos
Que alimentam minha esperança
Hoje não há dor
Nem tempo impossível
E sim o tempo de nós dois
Você é tudo que sempre desejei
E atraves desses versos
Declaro pro mundo
O quanto te amo
Que nem o tempo
Nem a distância
Vão fazer
Eu desistir desse imenso amor

*****************************
A lua e a Estrela!
Adriana Corrêa Mallet

Quão doce e belo é o céu!
É o jardim da minha alma!
A Lua é você; com suas fases diversas e,
Inigualável beleza, força e orgulho!

Eu sou a Estrela pequena,
Porém, com brilho próprio...
Linda, brilhante diante de você!
Só em silêncio a ti olhar!

A Lua do alto da sua majestade e
Imponente amor...
Sem te tocar...

A Estrela a brilhar...
Te amando a cada infinito;
Sempre a esperar...
O amigo Sol se deitar!

Para só então te namorar!
Infinitamente sem se separar...
Estaremos sempre lá!
A Lua e Eu!

*****************************

Meu choro!
Adriana Corrêa Mallet

Eu choro, e minhas lágrimas a rolar por minha face,
Como se toda a dor da minha alma,
Se dissolvesse por minhas entranhas!

Quanta dor em meu peito...
Meu lamento, é ouvido como o canto dos pássaros;
Meu choro solitário, por entre as paredes do meu quarto...

Meu canto mudo, em meu peito a naufragar,
O amor que dividiamos...
Então eu choro, sem ninguém vê!

Traçamos caminhos diferentes...
Novas jornadas sem razão de ser...
Novas diretrizes de nosso amor que findou!

Eu choro, sem você vê!
Eu sofro por não te ter!
Eu morro por você!

Findo meu lamento, sem esperanças,
Meu choro, ainda preso na garganta...
Me faz adormecer!

biografia:

Oi eu sou a Adriana Corrêa Mallet!
Uma mulher simples e com muitos sonhos, alguns ficaram perdidos no tempo, ou nas páginas do meu velho diário, outros ainda vou realizá-los...
Tracei s e as sigo confiantemente, pois só assim vou alcançar meus objetivos...
Faço Enfermagem pois amo essa profissão. A Enfermagem significa a \'Arte do cuidar\', e é assim que sou, amiga pra todas as horas...
Comecei a escrever poesias há dois anos, insentivada por minha prirmã Livea Messina, não sou escritora, mais gosto de expressar meus sentimentos, minha dor, angustias, e dissabores em poesias...
É uma terapia, aprendo um pouco mais de mim quando escrevo.
Posso parecer meio melancólica, mais são os problemas que enfrento ao longo de minha jornada, mais que também me deixam mais forte...
Pois não nasci pra sentir pena de mim mesma...
Mais vou a luta, e conquisto o que quero e amo!
Minha mãe sempre me ensinou, que o coração é meu,
mais o rosto é do próximo,
e os meus pensamentos estão no Poeta Del Mundo!

§§ Agradeço a todos que visitarem meu cantinho, nos textos estão contidos os meus mais verdadeiros pensamentos e sentimentos...
Obrigado!
Beijocas da Drika!

anamallet2@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s