s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Saramar Mendes de Souza
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
CONSTRUO

Farta de concordncia
desato o verbo e
exijo que as crianas
reconstruam o mundo
com a argamassa
do sonho e do riso.
Refaam-se as metforas
povoem os livros de flores
e enxotem as palavras
de ordem.
Acabem com os sujeitos ocultos
da guerra e seus objetos mortferos.
Ressuscitem a alma das crianas
para chorar outras crianas mortas,
enfim inatingveis por obuses
e por absurdos cruis dos
monstros carnvoros,
senhores das frases duras,
das armaduras.
Procurem outros tempos
em que os verbos se conjuguem
no presente e no futuro,
traduzindo-se em esperana.
Apaguem as oraes radicais
e em seu lugar deponham as armas.
Destruam as onomatopias malignas
das balas tracejando em corpos
infantis e colorindo de vermelho
a infncia e a juventude.
Desmontem os msseis,
trocando-os por cartas de amor,
de amizade, de perdo.
Acendam a luz nos olhos
dos velhos, cansados de
procurar a mensagem
dos deuses em sangue e lgrimas.
Basta de antnimos,
queremos igualdade de termos
queremos construir juntos
os versos livres,
os versos lmpidos da
PAZ!

************************

ABC DA MULHER

Alma amante, sempre, em todo lugar, sua
Boca favo, nascente de amor e
Clice de delcias, em que as comuns e dirias
Dores viram pernas fortes e sagazes.
Espelho cujas imagens vivem a danar como as guas.
Fonte recndita, misteriosa e cheia de flores.
Gaia fecunda e bela, entrega tudo e a tudo se entrega com
Humildade e amor para transformar sementes em
Infinita ddiva de fecundidade.
Jovem, encanta os dias e assombra as estrelas com sua
Luz, tpido astro a flutuar, acompanhada por pssaros.
Mulher, anjo de luz ou demnio da perdio.
Niade submersa em amores a se desmanchar em
Orgasmos luminosos e dilacerantes.
Plural e nica, faz do dia, infinitos, em sua lida
Querida dos animais, dos homens, dos deuses, ao
Romance se entrega tal Leda a Zeus.
Seara luxuriosa de cuidados e vises
Tudo v, tudo ama, tudo transforma.
nica viajante a carregar em si a
Vida futura, a cuidar da vida presente com a
Xepa dos pequeninos ou o fausto dos imensos.
Znite, guardi da vida, fim e comeo.

**************************

APELO

Vem amor,
junta tuas asas s minhas
Vamos busca de refgio
para o nosso amor nascente.
Vem amor,
pois que almas sozinhas
escoram os dias em neblina
em fria nvoa somente.
Vem amor,
entrego-te meus sonhos
empresta-me teus beijos
que os farei meus em
manso delrio, na chama
dos mais doces desejos.
Vem amor,
e me toma em tuas mos
toca-me a pele e a boca
e te mostrarei, rouca,
a liberdade dos amantes
que, amando, loucos so.

biografia:

Sou uma mulher comum, me, aprendiz das palavras.
Trabalho e sou revisora de textos h 20 anos. Nada tendo de especial, minhas concepes da vida esto baseadas na busca pela paz e o respeito s diferenas.

saramar104@yahoo.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s