s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Rosa Mara de Britto Cosenza [Cnsul - Ribeiro Preto-SP]
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

A LUTA

Com o podão na mão,
O trabalhador rural vai à luta
Muito antes do nascer do sol.
Corta a cana na labuta
Buscando sobrevivência
Pra si, pra mulher e pros filhos,
Enquanto enriquece o patrão
Enchendo-lhe as burras de ouro
Com sua farta produção de álcool.

O pobre não vê desdouro
No rude trabalho insano
Que lhe enrijece os músculos,
Mas amolece o crânio que sonha, noite e dia,
Com um mundo mais humano.
É um quixote altaneiro
Buscando na plantação
O melaço ou o açúcar
Que lhe abrande o coração.

Não vê moinhos de vento,
Não vê dragões do santo guerreiro.
Com a ponta de sua lança,
Só vê cana e come pó,
Pensando numa deusa muito guapa,
Que com dulcinéia garapa
Possa adocicar-lhe a boca
E fazer com seu carinho
Que não se sinta tão só.

Quando abre os olhos, porém,
Percebe que alguém aí vem
Pra chamá-lo à realidade.
É Sancho Pança, o escudeiro,
Que tenta em vão, companheiro,
Tirá-lo das ilusões
Pra mostrar-lhe que o guerreiro
É só mais um bóia fria,
Que bebe desilusões.

É essa a triste figura,
Retrato da realidade
Presente na região.
É o herói de nossa terra,
A antiga Mogiana
Hoje não mais cafeeira.
É o homem que corta e replanta,
Enfrenta sol e poeira
Pra imortalizar nossa cana.

Rosa Maria de Britto Cosenza.
Coordenadora Nacional de Literatura do PCSUR/Brasil.
03 de setembro de 2005.



BIOGRAFIA:
ROSA MARIA BRITTO COSENZA DE OLIVEIRA.

“As afinidades da alma têm encontro marcado na eternidade do coração...”

Natural de Ribeirão Preto-SP, formada pela Escola Normal, é também licenciada em Línguas Neolatinas, pedagoga e advogada. Aposentada do magistério oficial, como Diretora de Escola, leciona ainda Lingüística no Curso de Letras e também Linguagem Forense no Curso de Direito, ambos do Centro Universitário “Moura Lacerda”, em Ribeirão Preto-SP. Em Jaboticabal-SP, leciona Didática, nos cursos de Pós-Graduação – Ensino a Distância - na Faculdade de Educação São Luís. Possui mestrado e doutorado em Letras, na área de concentração em Lingüística e Língua Portuguesa, pela UNESP [Universidade Estadual Paulista] – Campus de Araraquara-SP. É membro do Conselho Municipal da Cultura, na área de Literatura, em Ribeirão Preto-SP, tendo sido eleita presidenta em 2004.
Viveu um ano em Santiago do Chile, onde cursou Ciências Sociais, pelo ILADES [Instituto Latinoamericano de Doctrina y Estudios Sociales], como bolsista. Fez dois estágios de Língua e Civilização Francesa, na França, como bolsista do governo Francês, na Universidade de Aix-en-Provence e na Universidade Sorbonne Nouvelle, em Paris. É membro da U.B.E. [União Brasileira de Escritores], da Academia Ribeirãopretana de Letras, onde ocupa a cadeira nº 38, cujo patrono é o escritor Oswald de Andrade; foi eleita por unanimidade para ocupar a cadeira nº 21 da Academia Ribeirãopretana de Letras Jurídicas, cujo patrono é o Dr. Evandro Cavalcanti Lins e Silva; é membro fundador da Casa do Poeta e do Escritor de Ribeirão Preto-SP e da ALARJ [Academia de Letras e Artes Joaquinense] de São Joaquim da Barra-SP]. Pertence à Ordem dos Velhos Jornalistas e à diretoria do Centro do Professorado Católico de Ribeirão Preto, como oradora.
Tem crônica e contos premiados. É autora do livro de contos “O 7º Sentido”, publicado em 1992, pela João Scortecci Editora, em São Paulo-SP, tendo sido classificada em 2º lugar no 8º Concurso Nacional de Obras Publicadas, promovido pela ALECI [Academia de Letras e Ciências] de São Lourenço-MG. Possui artigos científicos e de artes, publicados em várias revistas especializadas. Em co-autoria com a Profa. Nilva Mariani, publicou, em 1998, pelo Centro Universitário “Barão de Mauá, em Ribeirão Preto-SP, o livro “Português tal qual se fala no Brasil, para estrangeiros”, já em segunda edição. Participou de várias antologias de poemas, publicadas em espanhol, francês e português; também participou de antologias de contos e de crônicas. É coordenadora nacional de Literatura do “Proyecto Cultural SUR”/Brasil. Em 2004, publicou o mini-livro de trovas, intitulado “Gotas de Oração”, iniciando assim a coleção “Gotas”, que já possui mais quatro volumes: “Gotas de Contos”,”Gotas de Reflexão”, “Gotas de Poemas” e “Gotas de Crônicas”.


P O E S I A

- O que é?
- Poesia é sentimento, emoção, sensibilidade. É pureza, prazer, beleza.
Você olha uma flor e sente alegria. Vê o pôr do sol e sente saudade. Aprecia a natureza e se emociona.
Tudo isto é a existência, que se traduz em versos.
É a vida cantada na mais doce expressão das palavras. É ritmo, cadência, harmonia.
É saber ouvir a música da chuva e apreciar o movimento das águas, escutar o crepitar do fogo e o zumbido do vento, rir da inocência e chorar por causa da violência, admirar a juventude e respeitar a velhice, curtir a vida e preparar-se para a morte.
Mas, acima de tudo e de todos, é saber AMAR. Assim, com letra maiúscula. Porque o amor dos poetas é maior que o céu e que a terra, mais abundante que o mar e mais quente que o fogo.

Porque P O E S I A é A M O R!

Rosa Maria Britto Cosenza de Oliveira.



paulorosa.ml@convex.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s