s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Falco S.R
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

MEU AMOR É ASSIM

Sou rio tenso que não pára de correr,
buscando paz no azul do imenso mar;
tu és o sol que ilumina meu viver,
fada sublime que não canso de exaltar.

Tens a magia de floresta encantada,
musa adorada da minha inspiração;
estrela guia que norteia minha estrada,
linda princesa, meu amor, minha paixão.

Do meu jardim és a flor mais graciosa,
rosa formosa de beleza sem igual,
tu és a lua exuberante e majestosa,
céu estrelado, radioso, divinal.

Tua meiga voz é ressonante melodia,
suave ternura que não cabe explicar;
lindos acordes de sublime sinfonia,
maravilha que me fascina ao escutar.

Teu caminhar é como anjo levitando
que observo com muita emoção;
tens a leveza de pássaros voando,
que faz minh\'alma vibrar em inspiração.

Teu coração é natureza em primavera,
Cinderela que em sonhos procurei.
És a pureza da poesia mais singela,
lindo sorriso que jamais esquecerei.

Quando eu for para um mundo distante,
lei da vida que não posso contestar,
enxugue o pranto da saudade confiante,
que meu amor sempre irá te acompanhar.

TEU SORRISO

As pérolas que iluminam teu sorriso
tão lindo que não dá para descrever,
são portas do eterno paraíso,
ternura que amei sem perceber.

O destino separou nossos caminhos,
nunca mais teu rumo encontrei,
mas em meus sonhos recordo teu carinho,
e o carisma que jamais esquecerei.

Lembranças de tardes tão bonitas,
em que passavas colorindo o jardim,
levando paz a almas doloridas,
e ao me ver, sorrias para mim.

Se eu pudesse percorrer todo o planeta
certamente iria te encontrar,
pois teu sorriso brilha mais que um co,
e as estrelas em noites claras de luar.

Magia que encanta a natureza,
anjo divino, luz e resplendor,
fada madrinha, essência da beleza,
raios de sol, poesia, meu amor.

PECADOS CAPITAIS

Quando estás em meu leito, enlouqueço
pela beleza dos teus dotes naturais;
vou virando a vida pelo avesso,
transgredindo os pecados capitais.

Tenho gula voraz e incessante
de teus lábios ardentes beijar,
entrando em transe delirante,
buscando os desejos saciar.

Sou avarento, confesso,
querendo que teus carinhos sejam meus,
sem com ninguém desse imenso universo,
dividir um único sorriso teu.

Sinto ira do inexorável tempo,
que não para de correr,
levando nossos momentos,
deixando a saudade em meu viver.

Da luxúria sou escravo,
sem preconceito ou razão;
no teu calor me embriago,
na mais fremente paixão.

O orgulho me invade quando sinto,
o auge do prazer alucinante,
no silêncio da noite teus gemidos,
corações que batem forte, ofegantes.

Na preguiça que domina meu cansaço,
de ter que levantar pra trabalhar,
vejo-te novamente envolta nos meus braços,
esperançoso que não permitas te deixar.

Numa ducha fria me refaço,
o dever me chama, preciso ir,
adormeces vencida pelo cansaço,
com ciúme de teus sonhos, tenho que partir.

biografia:

Natural de Corumbá [MS], reside na cidade do Rio de Janeiro desde os primeiro mês de vida, tendo como lema fazer da poesia romântica a chama que ilumina suas veredas.
Titular do site www.LuzdaPoesia.Com, possui diversos trabalhos publicados na Web os quais podem ser localizados digitando no Google,Falcao SR ou Falcão S.R.

FalcaoSR@LuzdaPoesia.Com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s