s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

D'Anton Medrado
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
REFGIO

Fazer poesia... pudera
Fazer amor,
Poder estar quem dera
Despojado de estupor
Numa constante espera
De um futuro promissor,
Mesmo que fora da terra
Ou at como espectador
Do final das guerras,
Aniquilao da dor
Real, no quimera.
Talvez eu seja um sonhador,
Mas quem no espera
Uma vida onde haja amor,
Onde a justia impera?
Viver de amor
Quem dera.

--------------

REDUES E ACMULOS

Indigente
Gente
Ente.
Misria
Sria
Ria
Ia.
Favela
Ave
Vela
Ela
L.

Indigente, misria, favela
Gente sria que vela
A pobreza do ente doente
H quem ria, l, no sei onde
Ave quem? Eu me pergunto
Ave misria!
Favela, mazela, congresso, misria
ndio e gente, genocdio
Indigente
Indivduo.

----------------------

APOCALIPSE

O homem
Por ser incompleto
Morre.

A arte
Por ser nica
Eterniza-se.

A morte
Por ser abrangente
Extermina.

A verdade
Por si mesma
Permanece.

biografia:

D'anton Medrado

Escritor e Poeta, natural de C. Dantas-Ba. Radicou-se em So Paulo desde o final da dcada de 80, onde reside at os dias de hoje.

- Titular da Academia de Estudos Literrios e Lingusticos - cadeira: 330 - Patrono: Joo Guimares Rosa - Anpolis - GO

- Membro fundador do Centro de Estudos e Cultura Libertria - SP

Teve seu primeiro 'livreto' publicado pelo GEA [Grupo de Edies Alternativas] em 1992 com o ttulo de 'PRVIA'. Em 1995 lanou 'Uma Cano para Nia',em 2004 'Albergue Ilusria' em 2006 est lanando 'Ergstulo Eterno', todos eles so livros de poesias.
Alm desses o autor tem mais 3 livros inditos.

Participou da coletnea Escrevendo Mulheres em 1993;
Em 2000 ganhou Meno Honrosa no concurso da Casa do Poeta Brasileiro.

Colaborou com diversos jornais e revistas literrias e libertrias por todo o pas.

site:
http://www.dantonmedrado.com.br

e-mail:

contato@dantonmedrado.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s