s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Luis HIDEKI YOSHIDA
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
*** O FIO DO ASFALTO ***

Olhar um monte distante
Parece fcil de escalar,
Da pra imaginar o horizonte
La do alto daquele altar.

Quanto mais se aproxima
O desafio aumenta,
Da ate um calafrio
Angustia e muita tormenta.

Em todos os passos acima
O ar se torna rarefeito,
E os momentos mais ofegante
De um forte cansao no peito.

O corpo se debilita no alto
E uma sensao que a cabea voa,
Vendo la embaixo o fio do asfalto
E o mundo todo que se amontoa.

Mais perto do cu
Com as nuvens pairando aos ps,
Num lindo manto branco de vu.
Nessa hora enaltece a F.

Somos um nada sem referencia
Contemplando um feito divino,
E assistindo tudo que a cincia
Nada explica do efeito vespertino.

**********************************
Luis Hideki --- @ --- [ Iwata- Shi --- Japan ]




SOMOS SEMELHANTES '
*******************


Olha l uma pedra no caminho
Ser que ela caminha...
Ou est ali s dormindo...
Eu a vi quando vinha.

Ser a mesma pedra
Que conta Drummond...?
Ou uma co-irm
Que do morro despencou ao cho.

'- Como vai dona pedra...?
Tamanha surpresa a minha.
Vieste de uma queda...?
Ou fora atirada de uma rinha. '

O destino tem dessas coisas
s vezes nem nos importamos,
Com momentos to insignificantes
Nessa hora nos debilitamos.

Sentimos o quanto somos frgil
E nada mais que uma pedra.
S estamos fazendo estagio
Enquanto a vida no nos arreda.

Somos semelhantes
Nesta longa estrada da vida,
Brindemos com a bebida borbulhante
Essa nossa nica vinda.

Pra que fazer comparao.
Somos is, plantas e animais
Outono, inverno, primavera e vero.
E sangue dos nossos ancestrais.


***************************************
De: Luis Hideki Yoshida - [ Hamamatsu- Shi - Japan. ]



R E T I R A N T E '

J no da mais pra ficar
no corao s a seca deserta,
Que a cada dia vem pra castigar
a tua sobrevivncia to incerta.

Nem o cu, a terra, e tanto chorar
tem um msero de compaixo por ti,
A fome de lutar a deixa amargar
decidido resolveu de essa vez partir.

Pra l deixou a sede, a fome, e da alma o frio
de um choro que ningum nunca ouviu,
Suplicou tantas noites a sua dor
s no deixou padecer o teu amor.

Aventurou para buscar regalias
pra trs s o cho batido ficou,
O nico bem a sua famlia
que contigo pra longe viajou.

Recomear sem nada
com tantas lgrimas empoeiradas,
O destino forou ser retirante
pra onde tudo tem de abundante.

Veio pra cidade grande
se assustou com tamanho alvoroo,
Sussurrou o teu grito entalado no peito
-Meu Deus, samos do fundo do poo...!

Derradeira fora a sua luta
aqui fincou toda a sua raiz,
Buscando pra famlia nova morada
e uma vida que tanto quis.

Fora difcil, e bem sabes como
mas com o tempo vieras o conforto,
Fogo de lenha j no usa mais
nem o lampio a luz de gs.

Tudo so lembranas do passado
que ainda no peito trs guardado,
De tanta misria que a vida tem te dado
hoje, s vezes tudo te deixa calado.

Anos se passaram...
e a sua vida e bem outra de outrora,
Com o teu suor tudo conquistou
e nada fora ganho por esmola.

************************************
De Luis Hideki
RETIRANTE -- @ -- [ Hamamatsu- Shi - Japan ]
************************************


Biografa:
LUIS HIDEKI YOSHIDA

Cidade Natal: Junqueirpolis, Est. de So Paulo.
Atualmente residindo em Hamamatsu - Shi - Japan
Profisso: Desenhista [no Brasil]
Artista Plstico, Poeta, Compositor

Eu, como se podem dizer me considero um autodidata,
Me revelei artista ainda muito cedo, aos sete anos de idade
ganhando a minha primeira medalha 'Honra ao Mrito',
foi o incentivo inicial para eu tomar o gosto pela arte.
At ento vencer o Concurso de criao de logotipo ao
VI JOGOS ABERTOS DA REGIO EM DRACENA.

Como Poeta, destaquei tambm cedo, aos treze anos
j rabiscava umas palavras juntando-as em rimas.
E no parei mais...,
Fiz muitas poesias em papel de embrulhar o po,
saco de papel de Super Mercados e at mesmo no cho.
Participei em Jornais da minha cidade e regio.
Ganhei o primeiro prmio com a minha poesia 'Mame eu sarei'
pela Rdio Junqueirpolis. At ento..., esse o meu ltimo
o terceiro lugar com a minha poesia ' nis na fita pela
Comunidade Poesiarte de Poesia [Cabo Frio Rio de Janeiro]
Assim num futuro prximo pretendo lanar o meu primeiro livro
de Poesia voltada para os [Radialista] locutores de estdio de
Programa de rdio. [Por no me lembrar datas no qual eu fui
agraciado com prmios no as mencionei.]

Como compositor ainda nada profissional apenas participao
Em festivais amadores, mas pretendo seguir profissionalmente
em breve. J tenho mais de mil composies compostas por mim
no estilo Samba, Pagode, Forr, Sertanejo e Pop.
Assim, descrevo uma pequena biografia da minha histria.
LUIS HIDEKI YOSHIDA
HAMAMATSU-SHI SHIZ. KEN [JAPAN].
31 de janeiro de 2010.

luishideki_1910@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s