s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Edna Liany Carreon [Cnsul de So Jos dos Campos - SP]
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
Plumas ao Vento

Ah... Se eu pudesse...
Ser como uma pluma.
Leve, voando ao sabor do vento,
E quando no mais ventasse
De to leve, na terra eu pousasse.

Ah... Nesse momento meu amor!
Em ti, eu me ataria,
E nem o passar do tempo,
E nem a fora do vento,
Com esse amor acabaria.

E juntos, meu amor!
Voaramos, no importa pra onde,
Teramos a fora do vento,
E todo o tempo do tempo!
Para vivermos esse alento.

E nem o passar do tempo,
E nem a fora do vento,
Poderia separar esse amor.
To grande, em sua verdade.
Iramos rumo as estrelas,
Voando juntos...
Pra eternidade!

Edna Liany Careon

PENUMBRA

Ao entardecer despojo-me das uvas
brilhosas, para ofertar-lhe.
Afim de que possas provar do vinho
estonteante de prazer,
no sabor suave do amor

E na exuberncia do momento,
quando a meia luz se faz presente,
torno-me extica ao tom
de cores e sem que saibamos,
iluminam-se como raios de non

E das corredeiras tento ser a gua
tranqila, para embalar nosso destino.
E no seu ato despojado de humildade,
pudestes ser meu ao por do sol

Pareceu-me que eras um anjo,
quando o vi a luz de vela,
rezando por mim e por ns.
Sem pensar nas heresias profanas
que poderiam estar tambm em suas oraes

Sim, s o homem da minha vida!
Apaixonei-me por ti.
Senti-me ser novamente uma menina,
cheia de sonhos e iluses.
E a penumbra, no me deixa mais esconder
o amor to grande
que tenho pra lhe oferecer

Edna Liany Carreon

Caminhada

Por muitos caminhos andei
Muitas... E muita pedras pisei
Caminhando sem rumo
At que um dia o encontrei!

Estradas ridas e poeirentas
Caminhando s, e sem destino
Sem ter certeza de nada
Sem saber o que era amar
Ou ser amada.

E por essas caminhadas
Sem fim...
Surgiu diante de mim
Uma estrada iluminada!

Como por encanto nela entrei
Era uma estrada florida,
Perfumada por flores coloridas
E foi a que encontrei,
O grande amor da minha vida.

Voc estava l
Como se estivesse a me esperar
E a estrada poeirenta
E as pedras que pisei
Ficaram no esquecimento
Pois voc eu encontrei.

E por essa estrada encantada,
Iluminada por luz prateada,
Seguimos juntos em nossa jornada
E enfim posso dizer:
- Que sei, o que amar...
E ser amada!

Edna Liany Carreon

biografia:

Sou Edna Liany Carreon
, e nasci no bairro de Perdizes, em So Paulo,
Capital, Casada, me de dois filhos, Reginaldo formado em engenharia mecnica e de lvia Cristina, formada em Direito e uma linda neta, Lorrine, filha de Reginaldo e de minha nora Adriane.
Aos seis anos de idade j participava de programas infantis, na Rdio Tupi de So Paulo, no programa Clube Papai Noel, Bandeirantes Mirim, na Rdio Bandeirantes, e O Reloginho, na Rdio So Paulo. Em todos os programas participei como cantora, e estudei canto at aos 15 anos, estudei msica, e piano...Sempre com os olhos voltados para a arte.
Sempre escrevi poesias, mas nunca me interessei em publicar meu trabalho, apesar do incentivo da famlia, escrevia somente pelo prazer de escrever.
No ano de 2001 por insistncia dos meus familiares, me inscrevi no concurso de poesias da UNIVAP [Universidade do Vale do Paraba]. E foi muita alegria saber que fui uma das vencedoras do mesmo, e para minha surpresa, ganhei publicao das trs poesias que enviei, em uma Antologia Potica, me senti muito feliz com minha vitria e principalmente, por ver que meu trabalho foi rconhecido e que pessoas que no faziam parte da minha famlia, tambm gostaram de ler minhas poesias...
Depois que venci o concurso, deslanchei nos meus poemas e contos, adoro escrever,
Fao parte de vrios Sites e tenho como padrinhos meus queridos amigos Sid e Anna Paes, que me incentivaram e acreditaram em meu trabalho... Hoje com muito orgulho que fao parte da AVBL e de sua primeira Antologia, pretendo at o final deste ano, publicar meu primeiro livro...

Agradeo a Deus, pois sem ele nada seria possvel...
E a voc leitor que prestigia minhas poesias.

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s