s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Humberto Soares Santa
Nacionalidad:
Portugal
E-mail:
Biografia
FOLHAS DE OUTONO

Insone, caminhando no delrio,
Procuro no meu leito o meu sono,
Pisando folhas de oiro que em martrio
Se desprendem de mim, no meu outono.

de oiro toda a folha desprendida
Duma vida que em folhas j foi verde.
oiro que reluz mas no tem vida.
Em verde que matava fome e sede.

Folhas mortas, agora em desconforto,
Pisadas pelos ps de tanta gente
Que passeia p'las ruas do jardim.

Com elas vai o meu olhar absorto,
Como o vento que as leva lentamente...
...Estas folhas so uma parte de mim !...

Cotovia, 2002/05/16

FELICIDADE

Antes era o silncio e mais nada !...
O nada foi fasca e deu-se o caos !...
O rudo fez-se fogo nos calhaus
E comeou a longa caminhada.

A existncia ficou aprisionada
Entre os silncios de antes e depois.
Quando ADONAY juntar num s os dois,
Ser num s silncio libertada.

Ento ela ser eternidade !....
Findar a sofrida penitncia,
Tudo ser silncio e a existncia
Ali se chamar... FELICIDADE !

Cotovia, 2005-03-05

BAIRRO DE LATA

Paredes erguidas
De tbuas solta.
Ferrugem tragando telhados de folha.
Portas descadas
Pairando no ar.
Vidros de papel em janelas partidas.
Homens que vivem,
Morrendo !
Mulheres desgrenhadas que riem,
Chorando !
Crianas que crescem,
Sofrendo !
Vidas que se atulham em esgotos vista
Nas ruas de terra batida.
Almas que se perdem em luta p'la vida
Sonhando futuros que albergam
Nas mentes tacanhas,
Que enviam para os cus
Queixumes a Deus
Mostrando o contaste que os mata :
Moram em bairros de lata,
Constrem arranha-cus !

Setbal, 1960


biografia:

HUMBERTO VERSSIMO SOARES SANTA


Nasceu numa pequena aldeia do litoral portugus, ATALAIA DA LOURINH, de onde saiu com dois anos. Viveu a maior parte da sua vida na cidade de Setbal, tendo estado ligado Administrao dos Portos de Setbal e Sesimbra, onde foi responsvel pelo Departamento de Coordenao de Operaes, encontrando-se hoje na situao de aposentado.
casado com Margarida Augusta Correia Pinto Soares Santa que alia arte de desenhar uma elevada sensibilidade potica e lhe ilustra todos os poemas com magnficos desenhos a lpis ou a nanquim.

OBRA LITERRIA

POESIA :

MUNDO DE QUIMERA - Edio do autor 1999

COLECTNEAS :

POIESIS V e VI - Editorial Minerva - Lisboa - 2001
TEMPERA[MENTAL] - Editorial Minerva - Lisboa - 2002
PROSA & VERSO II - Projecto Palavras Azuis - Blumenau [BRASIL] - 200
I ANTOLOGIA PORTAL CEN -Edio L.P. Baan - PR -Londrina-BRASIL
2004
TERRA LUSADA - Edio Abrali - BRASIL - 2005

LIVROS VIRTUAIS :

REDENO
FRASCOS com gotas de poesia
SENTIMENTALMENTE
FANTASIA NO LAGO DOS SONHOS
O BERGANTIM DE CRISTAL
O OSIS DO AMOR
O PENSAR PROSAICO DE PEQUENOS POETAS
MUNDO DE QUIMERA I - II - III
ALMA PEREGRINA
O TEMPO E O VERBO
Participao em vrias ANTOLOGIAS

CONTOS :

Contos ESQUECIDOS

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s