s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Ricardo De Benedictis [Cnsul - Vitria da Conquista - BA]
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

FAZ DE CONTAS!
13/ 3/ 2009


Agora eu era assim, um rapaz pobre
Que recebeu uma graça no Natal
E agora que sou rei e que sou nobre
Penduro as belas vestes no varal!

O meu cavalo tem sela de couro
Com linda rédia e bride de l
Na minha mochila levo um tesouro
Meu ajudante é meu general!

Agora estou entrando em meu castelo
Com grande séquito a me acompanhar
Sou rei, sou jovem, poderoso e belo
E tenho um reino para governar!

Passei, então, a ser um cavaleiro
Em meu corcel, de armadura e espada
Agora rei, também eu sou guerreiro,
Saio à procura da mulher amada!

Dias e noites à procura dela
Até que enfim cheguei a encontrar
A minha noiva, a linda donzela,
Uma princesa do reino além-mar!

Constituímos, pois, uma aliança
E o reino unido ficou bem mais forte
Na nossa vida só era bonança
Nossos dois filhos eram a nossa sorte!

Até que aconteceu o que eu temia
Minha rainha desapareceu
Em um passeio em plena luz do dia
Ninguém se fez mais infeliz que eu!

Quando eu chorava de dor, acordei...
Voltei, então, pra minha casa pobre...
Dos sonhos do Natal, o que eu ganhei
Foi uma longa noite, sendo rico e nobre!

Eu daria tudo aquilo que perdi
Pra ter de novo minha amada princesa
Pois deste sonho eu não esqueci
Por ela choro, prantos de tristeza!


POETA CONSELHEIRO

Eu sempre digo que a vida é bela,
Mas quanto é bela, tanto é fugaz
Quantos parentes já perdi, por ela
Quantos amores, para nunca mais...

Aproveita, o tempo é bom conselho
Evitando-se males e tristezas
Lembra-te, jovem, teu pai é teu espelho
Respeita a Lei que rege a natureza.

Já que a vida é breve, vive! Aproveita!
Pensa em vencer e a derrota não aceita!
Faz de contas que é breve teu futuro.

Quem sabe, assim, tu serás mais feliz
Plantando o amor, corta o mal na raíz
Pois colherás o fruto bem maduro!

ALGOES DO AMOR!

Ela chegou, assim, tão de repente
Linda, se apaixonou pelos meus versos
Amou meus pensamentos mais dispersos
E nunca mais saiu da minha mente!

Passamos longo tempo, enamorados
Trocamos doces beijos e carinhos
Por alguém que cruzou nossos caminhos
Tivemos nosso amor enodoado.

Foi a primeira vez que nós brigamos
Foi a última vez que nos amamos
E aconteceu nossa separação...

Mudamos de endereço e de cidade
Nunca mais soube dela. Sei que há-de
Viver pra sempre no meu coração!

OH MINHA AMADA, ONDE ESTÁS?

Te convido a passear
Pelas ruas do Recife
Numa noite de luar
Sem medo do diz-que-disse...

Caminhando pela praia
te convido pra dançar
Tu, então, prendes a saia
E eu penso te beijar...

Vejo teu rosto bonito
Brilhando no infinito
Daquele céu azul-anil

E acordo na minha cama,
Procurando minha dama
Que de repente, sumiu...

biografia:

Massimo Ricardo De Benedicis
é jornalista, poeta, historiador, contista, cronista, compositor e intérprete. Nasceu a 30-10-1939 e passou a infância em Poções, onde fez o primário, cursou o ginásio em Jequié, e em 1952, em Salvador, no Carneiro Ribeiro e no ICEIA, onde concluíu o ginásio e o 2º grau, diplomando-se em professor. Trabalhou 10 anos em sala-de-aula.
Reside em Vitória da Conquista - BA, desde 1982.
Entre 1970 e 1982 atuou no Rio de Janeiro como Jornalista e Músico, onde fundou as revistas Estados & Municípios e Atualidades. Em Conquista fundou os jornais O RADAR, OPINIÃO, Tribuna de Poções e Folha do Povo, publicou 3 livros de poesia, várias edições de história da Bahia e do Brasil [A Bahia de Hoje] e um livro de contos, [4 Décadas de Prosa] - editou e participou de algumas dezenas de antologias, algumas organizadas por ele, outras por Aparício Fernandes, Jayme Martins de Freitas, Terezinka Pereira, Reis de Souza, Paulo Cesar dos Santos e Francisco Igreja.. Gravou dois discos na RCA Victor e na RGE/Fermata, e dos CDs com músicas de sua autoria, outras em parcerias e algumas de outros autores em seu próprio estúdio.
Escreve regularmente para os jornais Opinião, Gazeta do Estado, Diário do Sudoeste [Vitória da Conquista] e Tribuna de Poções [Poções]. É amante da MPB, toca violão e gosta de cantar. É fundador [1980] e ex presidente [1990] da Academia Conquistense de Letras - [Vitória da Conquista], em cuja gestão publicoui a antologia \'Conquista, 150 Anos\'. Atualmente preside a Academia Serrana de Letras [Vitória da Conquista/BA] e a APOLO - Academia Poçoense de Letras e Artes. Produz documentários áudio-visuais, com seu filho Ricardo Jr. que também é poeta, compositor e intérprete. Em 1998/1999 apresentou com sucesso, o programa \'Momentos Poéticos\' na Rádio Cultura FM, em Vitória da Conquista.
Criou, promoveu e produziu o Festival de Inverno da Bahia, em Vitória da Conquista, em dez anos alternados, de 1984 a 1999. Este festival trazia artistas de todo o país para Vitória da Conquista e era multilinguagem, únco do gênero realizado no Brasil, em três semanas de intenso movimento cultural, no mês de agosto, quando a temperatura em Vitória da Conquista alcança índices muito baixos, tendo-se registrado mínimas de até 6 graus positivos no pico do inverno. Fundador [1986] e três vezes diretor do Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima, em Vitória da Conquista. entre 1986 e 1998. Fundou o COREC - Conselho Regional de Cultura e o Conselho Municipal de Cultura, em 1993. Entre 1993 e janeiro de 1996, foi Diretor do Departamento de Cultura do Município, com status de Secretário.
É pai de quatro filhos homens, Ricardo Jr., Danilo Patrick, Ricardo David e Vinicius. Ama-os a todos e vive por eles. Contato:
mrbenedictis@yahoo.com.br

Mantém o Site:

http://www.bahia3000.hpg.ig.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s