s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Marise Ribeiro
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
Terra Frtil

Sou terra, firme e fecunda.
Se regam meu solo com sabedoria,
penetrando em minhas gretas
as mais belas harmonias,
reproduzirei fecundos ga$3>s
e brotarei para a vida,,, florida.

As razes que em mim se prendem,
sustentam verdadeiros sentimentos
contra a fora dos piores ventos.
Os alicerces que constroem
no meu terreno afetivo,
do abrigo permanente e seguro
aqueles que temem o futuro.

Os buracos que cavam no meu mago
ficaro abertos por pouco tempo,
pois o aterro de uma nobre ao
preencher os vazios doentes
com vrias camadas de perdo.

O veneno da mentira
borrifado em minhas virtudes,
evapora-se rapidamete
com a colheita de boas atitudes.

No sou terra improdutiva
nem latifndio sem dono,
pois os gros em mim plantados,
alimentaro o tranqilo sono
daqueles por mim amados.

11/06/05

O Grito

Abomino a injustia!
Injustia da guerra,
da pobreza, da fome por terra.
Tenho vontade de pegar em armas.
No as armas que matam,
mas as armas da verdade,
da incluso e da solidariedade.
Quero acabar com a misria,
com a inrcia dos poderosos
que vedam os seus olhos
para no enxergar o amanh.
Preciso lutar para no sucumbir
nem aceitar os desmandos
e desmanches da nossa dignidade.
Preciso arrancar o comodismo,
o menosprezo e o cinismo
dos que aceitam e assistem calados
ao extermnio da justia.
Preciso ter a esperana
de que uma nova gerao
possa gritar pelas crianas,
pelos velhos desassistidos
e desvalidos, pelos ndios
e pelos oprimidos.
Preciso aprender a ter f!

04/05/05

Desesperana

Suas mozinhas no seguram bonecas,
nem to pouco outras mozinhas,
em uma ciranda de roda.
Seguram uma lmina afiada
que ceifa a casca da mandioca.
Sua boca sorve as lgrimas que escorrem.
Lgrimas de fumaa da farinha torrada.
Sua pele, ainda exalando o leite
do colo materno, prematuramente seco,
traz feridas que jamais cicatrizaro:
feridas da infncia.
Ajoelhada no solo da terra rida,
terra da Ptria amada
ptria me nem to gentil,
ela brinca com as cascas e gravetos,
como se fosse um quebra-cabea, o seu lego.
Quando o dia se esvai,
a fome que ronda suas entranhas e
seus vermes enganada pelo sono.
Sono vazio. Sono sem sonhos.
Que infncia essa, meu Deus?
E o meu clamor ecoa com a pior resposta:
a infncia perdida!
a infncia brasileira!

04/04/05

biografia:

Meu nome Marise Ribeiro
, sou brasileira, nasci no Rio de Janeiro resido na Cidade Maravilhosa at hoje. Sou casada pela 2 vez e tenho um filho de 25 anos do meu primeiro casamento. Possuo licenciatura em Portugus/Espanhol pela UEG[hoje UERJ].
A poesia, que estava adormecida em mim, voou para o mundo em 2005. Seu vo foi to intenso que em 6 meses j havia lanado dois e-books: As Cores da Maturidade

http://www.delnerobookstore.com/e_books/as_cores_da_maturidade.exe

e Quimeras

http://www.delnerobookstore.com/e_books/quimeras.exe

Atualmente, exponho meus trabalhos em diversos grupos virtuais.

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s